Conectado por

Justiça

TJMT deve apurar agressão e ameaça após réu arremessar garrafa d’água em juiz durante júri

Publicado por

em

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) deve apurar a agressão sofrida pelo juiz Bruno César Singulani França, da Comarca de Nova Monte Verde, a 920 km de Cuiabá, durante o Tribunal do Júri. O magistrado foi agredido e ameaçado por um réu que arremessou uma garrafa d’água e o ameaçou no momento em que a sentença era lida, na sexta-feira (31).

De acordo com o órgão, o presidente do TJMT, desembargado Rui Ramos, deve viajar até o município para investigar o caso.

A agressão aconteceu durante o julgamento que foi realizado na Câmara de Vereadores de Nova Monte Verde.

Após a leitura da sentença, de acordo com o boletim de ocorrência, Odinei estava na presença dos jurados, do juiz e da população presente e estava prestes a ser algemado, quando se desvencilhou dos agentes penitenciários.

Na ocasião, ele arremessou uma garrafa d’água na direção do juiz, que conseguiu se desviar do objeto.

Julgamento foi realizado na Câmara de Nova Monte Verde (Foto:  Câmara de Nova Monte Verde/Divulgação)

Julgamento foi realizado na Câmara de Nova Monte Verde (Foto: Câmara de Nova Monte Verde/Divulgação)

Em seguida, ele começou a xingar o magistrado e ameaçá-lo: “Desgraçado, você merece morrer. Vocês, jurados, merecem morrer”.

Diante da agressão verbal, o condenado foi contido pelos agentes, oficiais de Justiça e de policiais militares que faziam a segurança do local.

Odinei foi levado para a delegacia e ficou à disposição da Justiça.

Condenação

Odinei foi condenado a 20 anos de prisão pelo homicídio de Antônio Carlos Uchak. O crime foi registrado em fevereiro de 2016 em um estabelecimento comercial chamado ‘Boate da Nikita’, em Nova Monte Verde.

O condenado teria recebido recompensa para cometer o crime.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *