Conectado por

Mato Grosso

Protesto em Aripuanã contra o preço abusivo do combustível


Compartilhe:

Publicado por

em

Populares e Caminhoneiros fizeram na tarde deste sábado (26) uma manifestação nas principais ruas e avenidas de Aripuanã e pedem redução no preço do combustível. Dezenas de motoristas participaram do manifesto.

A movimentação começou na internet, por meio das redes sociais, com os grupos ‘Aripuanã Contra o Aumento Abusivo no Preço do Combustível’ e ‘Movimento Brasil nos Eixos’. Teve até gente que não estava sabendo, mas resolveu aderir ao protesto ao ver o movimento nas ruas.

Segundo os organizadores, Henrique Xavier, Willian Borges e Roberto Damacena, o movimento foi pacífico. “O reajuste recorrente no preço dos combustíveis e a nova política de ajuste adotada pela Petrobras motivaram a organização desse manifesto popular” disse Willian

“O que propomos hoje foi um protesto contra os altos tributos que pagamos sob os combustíveis. É um movimento que tem ganhado a adesão popular, mas que não pretende nada além de usar o direito legal que temos como cidadãos” destaca Roberto.

Os organizadores demonstraram satisfação em perceber que o movimento tomou proporção que vai além das manifestações. Eles entendem que esse protesto é para o bem de toda a população, e não somente à classe dos caminhoneiros.

A Polícia Militar (PM) acompanhou o ato que foi considerado pacífico. Motoristas de mais de duas classes também protestaram com os caminhoneiros. Depois do ato, caminhões, carretas e carros foram estacionados no lado direito da pista, próximo o terminal rodoviário, na Avenida Osmar Demeneck.