Conectado por

Mato Grosso

Professores efetivos fazem protesto em Rondonópolis (MT) para cobrar progressão de carreira


Compartilhe:

Publicado por

em

Professores da rede municipal de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, protestaram no final de semana para cobrar a progressão de carreira dos profissionais. Segundo a categoria, um artigo do plano de cargos, carreiras e vencimentos impede o avanço e elevação de nível dos professores.

O artigo prevê que todos, após período probatório de três anos na rede, sejam submetidos a um curso de 240 horas.

De acordo com os professores, o curso, porém, não existe e não tem reconhecimento do MEC.

“Agora dia 4 venceu meu estágio, eu receberia como especialista, mas estou barrada por causa do artigo”, afirmou a professora Marta de Almeida Pestana.

Durante o protesto, os manifestantes usaram mordaças para simbolizar que não estão sendo ouvidos.

A reportagem procurou a prefeitura, mas não se posicionou sobre o protesto dos profissionais.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *