Conectado por

Acre

Mulheres de presos interditam vias no Centro da capital e paralisam trânsito


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Dezenas de mulheres de presos interditaram nesta quarta-feira, 15, a avenida Ceará e a rua Marechal Deodoro, no Centro de Rio Branco. O trânsito está completamente parado. Há enormes filas de veículos. Até os ônibus foram proibidos de passar pelo cordão humano formado pelas manifestantes.

Elas pedem melhores condições para seus maridos presos no Complexo Penitenciário Francisco D’ Oliveira Conde, na capital.

Reclamam que não há medicamentos e as celas estão superlotadas. Há também protesto por causa da má qualidade da alimentação. A polícia está no local.

As manifestantes fazem ainda as mesmas reivindicação dos detentos: querem que as visitas sejam abertas a amigos, além de familiares.

Um oficial da PM tenta negociar com as mulheres.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento
Cuiabá-MT6 minutos atrás

“Infelizmente não tem como ter UTI no estado inteiro”, diz secretário de Saúde do Mato Grosso

Mato Grosso10 minutos atrás

Mato Grosso é o terceiro no ranking de desmatamento da floresta amazônica em 2021

Mato Grosso15 minutos atrás

Pais pulam janela de hospital e fogem com criança indígena que testou positivo para a Covid em Mato Grosso

Agronegócios19 minutos atrás

Nutrição de qualidade é fator-chave para aves de postura superarem estresse calórico, recomenda especialista

Porto Velho30 minutos atrás

Prefeitura dará celeridade em licenciamento de obras do Heuro em Porto VelhoEstrutura será construída entre a rua América do Sul e Avenida Guaporé, no bairro Lagoa Visita tratou sobre a emissão das licenças necessárias para a obra Visita tratou sobre a emissão das licenças necessárias para a obra O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, recepcionou nesta segunda-feira (17), no Prédio do Relógio, o secretário de Saúde do Estado, Fernando Máximo, o Procurador Geral do Estado, Maxwel Mota de Andrade, e representantes do Consórcio Vigor Turé, vencedor da licitação que será responsável pela construção e manutenção do novo Hospital de Urgência e Emergência de Rondônia (Heuro) na capital. A visita aconteceu para dar celeridade na emissão das licenças necessárias para o início das obras. De acordo com o prefeito, saúde é sempre um gargalo às gestões de qualquer governo. “Nossa equipe está alinhada com essa demanda. Vamos dar o start com toda prioridade, de forma imediata junto às secretarias municipais que são fundamentais para a liberação dos documentos: Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran). De nossa parte, podem ficar tranquilos”, afirmou Hildon Chaves. O encontro ocorreu no mesmo dia da assinatura do contrato pelo Governo de Rondônia que prevê o início dos trabalhos da unidade que substituirá o atual Hospital João Paulo II. A assinatura do termo contou com a presença do secretário-geral de Governo (SGG), Fabricio Jurado. Uma reunião com os titulares das secretarias municipais e os empresários foi marcada para a tarde desta segunda-feira, na sede da Semur, para os alinhamentos necessários. Texto: Etiene Gonçalves Foto: Leandro Morais Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)