Conectado por

AL/MT

MT: Botelho aponta como será feita a divisão da verba aos filantrópicos


Compartilhe:

Publicado por

em

O primeiro secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (DEM) revelou a principal pauta que será votada na Casa de leis durante a sessão extraordinária marcada para a próxima segunda-feira (19), a qual está relacionada a verba destinada à saúde e ao social em Mato Grosso, após mensagem que altera o Fundo de Equilíbrio Fiscal do Estado (Feef), lei 10.709 de 28/06/18.

Os deputados que aproveitavam o recesso parlamentar, terão que comparecer a AL para votar o projeto  que debate a ampliação dos recursos destinados aos Hospitais Filantrópicos e entidades de apoio social. Botelho explica como seriam divididos esses recursos, para que assim o projeto seja votado.

Primeiro nós fazemos uma divisão dele (do Feef), 80% para a saúde e 20% pro social. Porque o social? Nós estamos vivendo um momento em que precisamos atender também as pessoas. Levar alimentos, levar essa assistência é importante, e esses 80% é dividido.

O parlamentar também explicou como será feita a divisão da verba em benefício das unidades filantrópicas, após a retirada do montante destinado ao social.

Desses 80%, 20% dos 80 vai para os municípios e o restante vai para os filantrópicos. Transforme esses 80 em 100 para a saúde aí desse daí, 20% vai para os municípios e 80% para os filantrópicos“, explicou o deputado.

De acordo com o deputado, uma quantia X será destinada ao Feef, desse montante serão retirados 20% para ser destinado à assistência social. O total que restou de X também será dividido, logo, desse total 20% será destinado aos municípios, enquanto os 80% restantes às unidades filantrópicas.

 

Matogrossomais.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento