Conectado por

Amazonas

Manaus tem 270 vagas para cursos gratuitos de formação em Libras


Compartilhe:

Publicado por

em

Aulas acontecem em escolas estaduais da capital. Formação é para profissionais da educação, pessoas com surdez, familiares e comunidade em geral.

Três cursos de Lingua Brasileira com Sinais (Libras) estão com inscrições abertas, em Manaus. As aulas acontecem em escolas da rede pública de educação, por meio da Seduc. São 180 vagas de Nível 1 e 3 (básico e avançado), na Escola Estadual de Atendimento Específico Mayara Redman Abdel, e 90 vagas para Nível 1 na Escola Estadual Desembargador André Araújo. A formação é para profissionais da educação, pessoas com surdez, familiares e a comunidade em geral.

Com o objetivo de dar acessibilidade aos alunos surdos na escola, o professor e tradutor intérprete de Libras, Claudio Saraiva, explica que o curso não é apenas destinado aos estudantes, e sim a todo o corpo escolar: de pedagogos a merendeiras, porteiros e vigias. A finalidade é dar comunicabilidade ao surdo em todas as áreas da escola.

“Houve uma grande procura por parte dos próprios alunos que queriam se comunicar com os colegas surdos e ter uma qualificação para o mercado de trabalho. Hoje, os alunos com a convivência aprendem bem rápido a Libras e os frutos são visíveis: estudantes substituem os intérpretes, adquirem novos conhecimentos e vivenciam o uso da língua com os colegas surdos”, assinalou o professor.

Inscrições

Para se inscrever no curso de nível 1 na Escola André Araújo é preciso ir até a instituição de ensino, localizada na avenida Timbiras, Cidade Nova I, e procurar o professor Claudio ou a professora Socorro Iris. A prioridade é para professores, funcionários e pais de alunos surdos. A carga horária é de 80 horas e as aulas serão ministradas às terças e quintas, das 11h15 às 12h30.

Na Escola Estadual de Atendimento Específico Mayara Redman Abdel, os cursos de nível 1 (de 80 horas) e 3 (com 120 horas/aulas) acontecem por intermédio do Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação e Apoio às Pessoas com Surdez (CAS). As aulas serão ministradas quatro vezes por semana (de segunda a quinta feira), com 12 horas/aulas por dia.

As inscrições serão presenciais e gratuitas. Conforme o calendário:

  • Dias 25 e 26 de fevereiro as matrículas estão abertas para professores da rede estadual de ensino e familiares de surdo
  • Dia 27 as inscrições são para a comunidade em geral. A formação acontece nos turnos matutino, vespertino e noturno. É preciso ir à Escola (localizada na avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, 903 B, Adrianópolis), no período que quer fazer o curso.