Conectado por

Amazonas

Comitê de enfrentamento ao H1N1 disponibiliza 60 mil comprimidos em unidades de saúde de Manaus


Compartilhe:

Publicado por

em

Governo decretou Situação de Emergência devido aumento súbito de casos de doenças respiratórias.

Cerca de 60 mil comprimidos de antiviral para enfrentamento da gripe H1N1 devem ser distribuídos nas redes estadual e municipal em Manaus a partir desta sexta-feira (1º). A medida foi definida pelo Comitê Intersetorial, criado pelo Governo do Amazonas para planejar ações de enfrentamento à gripe após os comprimidos serem enviados pelo Ministério de Saúde. O governo decretou Situação de Emergência na área da saúde do Amazonas na quarta-feira (27), graças ao aumento súbito dos casos de doenças respiratórias e internações por Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG).

O Comitê Intersetorial realizou na quinta-feira (28), na sede da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus, a primeira reunião, na qual definiu novas ações de prevenção à doença e de melhor assistência aos pacientes.

Uma das ações discutidas foi a distribuição, nas redes estadual e municipal da capital, dos 60 mil comprimidos de antiviral (Tamiflu), que foram enviados pelo Ministério da Saúde, para reforçar os estoques das unidades. A Susam já havia disponibilizado 49 mil comprimidos à rede.

O medicamento é indicado para o tratamento de pessoas que já tiveram o diagnóstico confirmado para a doença, de acordo com critérios específicos e indicação médica.

Outra ação tratada na reunião foi a realização de uma videoconferência para gestores de escolas do interior do estado com orientações sobre educação em saúde para serem desenvolvidas junto aos alunos.

A videoconferência deve ser transmitida por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em Manaus, das 9h às 11h de sexta-feira (1º). O público-alvo são diretores e coordenadores de educação dos municípios.

Ainda na primeira reunião, a coordenadora do comitê e diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemay Costa Pinto, propôs uma ação educativa junto a shopping centers, supermercados e bancos a fim de incentivar os responsáveis por esses estabelecimentos a oferecerem aos seus clientes e frequentadores álcool em gel e melhor higiene nas suas dependências.

Semsa

O secretário municipal de Saúde de Manaus, Marcelo Magaldi, reforçou a orientação geral à população de observar os cuidados com a prevenção e, em caso de suspeita de contágio, procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) ou uma unidade da rede estadual mais próxima de casa para passar por avaliação médica.

Rosemary Costa Pinto também explicou que as medidas que já estão em execução, principalmente em Manaus, serão reforçadas com as novas ações planejadas no primeiro encontro do comitê.