Conectado por

AL/MT

Janaina Riva: ”AL MT viabilizou gestão de Mendes e ajudou a ter recurso em caixa”


Compartilhe:

Publicado por

em

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que o Governo do Estado teve um saldo positivo em 2020 em relação à Assembleia Legislativa de Mato Grosso, tendo vencido todas as votações importantes e conseguido condições de equilibrar as finanças.

“Até mesmo nas votações em que o Governo acabou perdendo, que foram algumas discussões sobre servidores públicos, por exemplo, ajuizou [ação] e o governador também conseguiu obter êxito pelo momento e a situação do Estado. Então, acho que com relação à Assembleia, para o Estado foi muito positivo”, afirmou.

Para ela, o trabalho desempenhado pelo Legislativo foi o que viabilizou a gestão de Mendes neste ano.

”Se hoje tem recurso em caixa, se o Estado tem condição de fazer investimento, é porque nós, deputados, tivemos a ousadia e a coragem de votar

“Se hoje tem recurso em caixa, se o Estado tem condição de fazer investimento, é porque nós, deputados, tivemos a ousadia e a coragem de votar. Não vem me dizer que isso é trabalho de secretário, porque secretário não tem voto”, disse.

“É muito cômodo ser secretário e ficar mandando pauta-bomba para cá, sendo que você, daqui a quatro anos, vai continuar no seu cargo estável ou vai voltar para a sua casa. Nós, não. Nós somos políticos, vivemos de política”, acrescentou.

“Falta proximidade”

A emedebista avaliou que o Governo ainda precisa melhorar o relacionamento com os servidores, população e com os deputados. Segundo ela, isso tem sido cobrado de Mendes.

“Temos cobrado isso do governador, porque eu, sinceramente, acho que, se o Governo melhorar nesse sentido, acaba se tornando imbatível para próximas eleições”, afirmou.

Janaina apontou que os desafios maiores já foram vencidos e que os parlamentares têm reclamado de terem pouca participação direta na gestão do democrata.

“Os deputados estão reclamando muito sobre essa questão de fazer agenda e ficarem sabendo em cima da hora. Os deputados têm agenda também e a gente não consegue acompanhar. Vai a São Paulo, foi comprar vacina, mas não tinha nenhum representante da Comissão de Saúde”, criticou.

“Os deputados querem participar mais. Nós não servimos só para a hora de votar e arrumar dinheiro. A gente quer ajudar a gastar o dinheiro também, com qualidade, pensando no futuro do nosso Estado”, completou.

Midia News