Conectado por

Cuiabá-MT

Estátua de Maria Taquara é retirada de praça em Cuiabá para restauração


Compartilhe:

Publicado por

em

A estátua da Maria Taquara, instalada na praça que recebe o mesmo nome, no Centro de Cuiabá, foi retirada do local para restauração. Segundo a Prefeitura de Cuiabá, a estrutura foi retirada do local há duas semanas e o processo de revitalização deve durar 90 dias.

A prefeitura informou ainda que a restauração é feita com o intuito de garantir a preservação da estátua e é um complemento das ações de melhorias realizadas na praça.

“O trabalho teve início com a substituição do antigo ponto de embarque e desembarque de passageiros por uma estrutura construída com contêiner”, explicou em trecho da nota.

O monumento foi criado pelo artista plástico Haroldo Tenuta. No entanto, em 2009, foi restaurada por Fred Fogaça, após a estrutura cair durante um vendaval.

A história de Maria Taquara

A escultura fica localizada entre a Prainha e a Rua Clóvis Huguenei, em Cuiabá. O monumento foi criado para homenagear uma mulher negra que trabalhava como lavadeira na capital.

Alta e magra, ela ganhou o apelido de uma planta com as mesmas ‘fisionomias’. A lavadeira era pobre e, apesar de ter um ‘barraco’ para viver, vivia como uma moradora de rua.

Praça Maria Taquara — Foto: Davi Valle/Prefeitura de Cuiabá

Praça Maria Taquara — Foto: Davi Valle/Prefeitura de Cuiabá

Maria era de origem nordestina, mas viveu por muitos anos, em Cuiabá. Ela ficou conhecida por ser uma das primeiras mulheres a usar calça na cidade.

Na avaliação de pesquisadores, Maria Taquara estava ‘à frente do seu tempo’, o que fez com que ela se tornasse uma personalidade.

A ideia da construção da estátua para homenagear Maria Taquara teria partido de João Balão, que era dono de um hotel na cidade o qual Maria prestava serviços.