Conectado por

AL/MT

Eduardo Botelho vai presidir a Comissão da Agropecuária, Desenvolvimento Florestal, Agrário e Regularização Fundiária


Compartilhe:

Publicado por

em

A Comissão da Agropecuária, Desenvolvimento Florestal, Agrário, Regularização Fundiária foi instalada na manhã desta segunda-feira (19). Foram eleitos os novos presidente e vice-presidente, que conduzirão os trabalhos em 2021. O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) foi eleito presidente e Elizeu Nascimento (DC) será o vice-presidente durante o terceiro ano, da 19ª Legislatura.

Após a eleição, Botelho explicou que a Comissão precisa ser dividida em eixos, e que posteriormente, vai designar, por exemplo, que cada membro da Comissão acompanhe assuntos relevantes junto ao governo do estado.

“Temos assuntos muito importantes como a agricultura familiar, questão fundiária, Estatuto do Pantanal, o agronegócio e o zoneamento socioeconômico. São temas que necessitam de um acompanhamento mais de perto por parte desta Comissão”, destacou o presidente eleito.

O deputado Elizeu Nascimento endossou a opinião de Botelho que falou que a comissão precisa focar nesse raciocínio de subdivisão interna dos trabalhos.

“É justamente nesta linha de pensamento que a comissão precisa trabalhar. A subdivisão vai colocar cada deputado dentro do seguimento que mais gosta de trabalhar junto ao governo”, opinou.

Seaf – Botelho afirmou que a Comissão vai convocar o secretário de estado de Agricultura Familiar (Seaf), Silvano Amaral, para expor todos os projetos que vem sendo feitos e, ainda, a distribuição de equipamentos.

“Precisamos ficar sabendo dos projetos do governo do estado neste setor e, por isso, entendo que a visita do secretário vai proporcionar uma visão melhor de como estão sendo realizadas as ações em Mato Grosso”, explicou Botelho.

Sobre a questão do Pantanal, o presidente da Comissão disse que a Assembleia Legislativa possui um convênio com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que está desenvolvendo uma pesquisa sobre a área.

“Temos que trazer novamente os agricultores do pantanal para participar conosco, numa audiência pública, com o propósito de criarmos o Estatuto do Pantanal”, propôs.

Além do presidente Eduardo Botelho, do vice-presidente Elizeu Nascimento, também foram eleitos para compor a Comissão, os deputados Nininho (PSD), Sebastião Rezende, Xuxu Dal Molin, ambos do PSC, Dr. Eugênio (PSB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Dr. João (MDB) e Faissal Kalil (PV).

Odocumento.com.br