Conectado por

Mato Grosso

Cuiabano cria aplicativo e chama de VLT em sátira ao “trem fantasma”


Compartilhe:

Publicado por

em

O cuiabano Douglas Ribeiro resolveu satirizar as obras inacabadas do Veículo Leve sobre Trilhos de uma forma diferente: ele criou um aplicativo de transportes e deu o nome VLT.

Especialista em treinamento para concursos públicos, ele conta que a ideia surgiu há pouco mais de um ano. O nome, por conta dessa revolta popular, em razão do abandono das obras.

Iniciada em 2010, a construção do VLT – o de verdade – deveria ter terminado antes da Copa do Mundo de 2014. Passados cinco anos deste prazo, uma série de denúncias de corrupção ainda envolve o empreendimento.

“Já se passou outra Copa do Mundo e, até agora, nada. Aproveitando desse sentimento de revolta, desse descaso, do fato de o tão esperado VLT não sair do papel, decidi criar o meu. Dos trilhos para o asfalto”, diz Douglas.

Da ironia à seriedade

Douglas criou projeto da indignação com obra inacabada (Foto: assessoria)

Só nos últimos cinco meses o aplicativo de Douglas foi sendo trabalhado com mais intensidade. Nesta quarta-feira (7), foi aberto o cadastro de passageiros e motoristas interessados.

Segundo Douglas, o VLT segue os critérios de segurança de outros aplicativos semelhantes.  Tanto passageiros quanto motoristas precisam  estar cadastrados.

A novidade em relação aos demais é que no VLT será possível escolher um motorista favorito para as corridas. Para as mulheres, vai ser possível decidir andar só com motoristas mulheres.

Douglas também pretende oferecer descontos em estabelecimentos parceiros como bares, restaurantes e casas noturnas.

(Com assessoria)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *