Conectado por

Nacional

Celular foi roubado? Especialista dá dicas sobre o que fazer para evitar maiores prejuíjos


Compartilhe:

Publicado por

em

A especialista em manutenção e conserto de smatphone Priscilla Khan, da Digivida, explica quais medidas devem ser tomadas. Confira 6 passos prioritários: 

1) A primeira medida a ser tomada é saber o número do IMEI do seu aparelho. Recomendamos que, logo na aquisição do aparelho, seja feito o seguinte procedimento: no teclado para fazer ligação digite o código #06#. Após isso será exibido na tela o IMEI do aparelho (em aparelhos com dois chips, serão exibidos dois IMEIs). Anote o número e tenha sempre guardado.

2) Existe aplicativos que rastreiam o aparelho. O Find My (iPhone) e Encontre Meu Dispositivo (Android) fazem este serviço. Para serem utilizados no momento adequado, requerem configurações anteriores, como Permissão para utilizar o GPS, por exemplo. Por meio deles é possível saber a localização e até deletar os dados do aparelho, evitando assim risco de ter sua privacidade invadida. Mas lembre! O usuário precisa configurar o aplicativo para que quando acionado, após o roubo, o sistema mostre a localização e efetue os outros comandos (por exemplos: permitir que o aplicativo acesse o GPS por tempo integral, habilitar a opção para deletar o conteúdo caso seja roubado e outras informações secundárias que cada aplicativo solicita na configuração)

3) O registro do boletim de ocorrência (BO) é imprescindível, pois além de proteger seus dados contra fraudes, o aparelho fica bloqueado para utilização ou venda de peças provenientes do furto ou roubo. Para fazer o BO será necessário fornecer os documentos do dono do aparelho junto com o IMEI. Importante: É necessário pegar o IMEI antes.

4) É recomendado fazer logoff do Google. Portanto, se acontecer um roubo ou furto o ideal é sair da conta porque ela armazena tanto dados pessoais e backups, como informações de pagamento.

5) Uma das preocupações quando seu celular é roubado ou perdido é sobre como desativar o WhatsApp. Portanto, antes de fazer qualquer coisa, ligue para a sua operadora informando sobre o roubo do chip e peça para bloquearem a linha. Ainda no telefone com a operadora, pergunte a eles como recuperar o seu número. A empresa provavelmente vai marcar um atendimento ou pedir que visite uma loja mais próxima para poder conseguir seu número de telefone de volta e posteriormente ativá-lo em um novo chip. Resolvido o problema com o chip, desative o WhatsApp. Será necessário enviar e-mail para [email protected] O Assunto deve conter a frase: Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta. No corpo do e-mail deve constar o número do telefone em formato internacional, com código do país (+55 para o Brasil) e DDD.

6) Para ampliar a proteção aos dados, atualmente todas as contas e senhas oferecem opções de verificação em duas etapas. Com essa verificação, também conhecida como autenticação de dois fatores, uma camada extra de segurança é adicionada à sua conta caso a senha seja roubada. Depois de configurar a verificação em duas etapas, você fará login na sua conta com algo que você sabe, como sua senha e algo que você tem, como seu smartphone.

Texto Comunicação

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento