Conectado por

Elza Amorim Carvalho

Ainda há uma trilha para caminhar – Por Pra Elza Amorim Carvalho


Compartilhe:

Publicado por

em

No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido. Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles; Lucas 24: 15-15.

Devidos aos acontecimentos que enfrentámos a tendência é o desgaste chegar e desviar a nossa atenção daquilo que realmente intetessa.

Não podemos perder a fé em tempo algum, nem deixar que os problemas fiquem ainda maiores do que eles são.

É verdade que a estrada é longa,  e pelo caminho encontramos muitos obstáculos. 
Porém, isto não pode ser razão para querermos voltar para atrás.

Não devemos nos deixar dominar pelas circunstâncias e fatos do dia a dia.

Se as dificuldades aumentarem, precisámos atentar para o que estar escrito na palavra que produz vida.  Esforça-te,  e tende bom ânimo,  porque Deus jamais irá te desamparar e nem deixar sozinho.

O cansaço, a fadiga, as aflições do cotidiano, tentam nos impedir de ver que Jesus estar a caminhar do nosso lado. Tentam nos fazer esquecer de que, em todos os instantes, Jesus estar a falar conosco, através da sua palavra.

Ouvimos a sua voz, pois as suas palavras ardem em nosso coração,  mesmo assim, tem momentos que pensamos que Ele se esqueceu de nós.

Tudo porque, nos deixamos ser envolvidos pelas inúmeras preocupações, e não nos damos conta que Deus estar no controle de tudo.

Se nos deixarmos ser levados pelas situações desfavoráveis, ficaremos insensíveis a voz de Deus.

Não foi diferente com esses dois moços no caminho de Emaus, eles estavam tão apreensivos com a morte de Jesus que não viram que o próprio Jesus já havia ressuscitado e estava ali, juntinho a eles.

Eles estavam tão compenetrados em achar justificativas para as coisas que tinha acontecido que não perceberam que Deus ja havia resolvido tudo.

A angústia estava sugando as energias daqueles homens, e eles haviam perdido as esperanças.

Estavam desconsolados, como quem perde a razão para viver.
Os seus corações estavam desgostosos.

As injustiças que haviam acontecido com Jesus, faziam aprofudar amarguras e incertezas dentro deles.

E eles discutiam entre si, porque eles achavam que o seu libertador estava morto.
Enquanto isso, Jesus estava ali, ouvindo suas lamentações, assistindo a tristeza que fluía dos seus olhares e se comovendo com as palavras desesperançosas que saíam dos seus lábios.

E, em todo o trajeto Jesus os assistia.

Aqueles moços perderam tanto tempo falando do passado que não estavam conseguindo ver o precioso presente que estava lhes envolvendo.

Eles estavam se lamentando pelo o que eles achavam estar morto,  e não sabendo eles, que aquele homem que lhes falava, que entrou na sua casa, que comia a sua mesa,  era exatamente quem eles achavam estar morto. Jesus.

Quantas vezes acontecem isto em nossa vida! Nos apegamos demais ao que se foi, e não percebemos a dadivosa graça que estar a nos ocorrer.

Ficámos presos aos acontecimentos de outrora, e deixamos de viver o novo de Deus.
Tudo tem um motivo,  uma razão,  precisamos é abrir o nosso entendimento para as coisas de Deus,  e contemplar pela fé a grandeza que Ele já fez por nós.

Se vivermos na sombra do que se passou, a nossa visão irá ficar limitada ao aparente, o que Deus tem para a nossa vida é novidades, estar além do nosso entender.

Então, é melhor atentar para o que Deus estar a nos falar. Eis que faço novas todas as coisas. O que se passou, cabe a Deus fazer o que lhe parecer melhor,  vivamos o hoje com Jesus do nosso lado,  na nossa casa, em nossa vida, pois, o nosso amanhã já estar escrito por Deus e será, de vitórias e mais vitórias.

Portanto, não deixe a esperança do teu coração morrer, confia em Deus e siga em frente, ainda há uma trilha para percorrer, mas, tenha plena certeza que Jesus vai estar contigo o tempo inteiro.

Pra Elza Amorim Carvalho.
[email protected]

# Repasse esta mensagem, # alguém precisa lê-la #.

(Senhor, na tua palavra está escrito, que tudo  o que pedirmos com fé crendo e em oração, receberemos, então pai, desce a tua espada e faça justiça sobre todos os que usam destas mensagens em negócios que não vêm de ti. Em nome de Jesus,  Amém)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento