Conectado por
Governo de Rondônia

Saúde

A troca dos dentes: Uma nova fase na dentição do seu filho

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Quando os pais menos esperam, chega uma nova fase na dentição dos filhos: a troca dos dentes decíduos, popularmente conhecidos como dentes de leite, pelos permanentes. Esse é um processo importante para os pequenos, que costumam ficar orgulhosos, exibindo a “janelinha” para a família e para os amigos.

Segundo a odontopediatra Micaela Cardoso, que também é professora de pós-graduação, no passado essa troca acontecia por volta dos 6 anos. Entretanto, ela afirma que atualmente não há um padrão, e que essa troca acontece de acordo com o desenvolvimento individual de cada criança.  “Uns demoram mais e outros trocam mais rápido. Isso não é mais uma regra, visto que a cronologia de erupção não está mais seguindo um padrão. Acredita-se que, crianças que têm seus dentes de leite mais tardio, demoram mais para trocá-los também. Outra curiosidade é que, meninas evoluem e crescem antes que os meninos, então elas também podem apresentar uma troca dos dentes de leite pelo permanente de forma antecipada se comparada ao deles”, explica.

O processo de amolecimento do dente de leite é chamado de exfoliação e não exige necessidade de intervenção. “Quando o dente começa a amolecer, é interessante que a criança vá aos poucos movimentando-o”, afirma.

Porém, não há necessidade de querer acelerar essa etapa. De acordo com a profissional, não é preciso ter pressa, pois o dente de leite não vai afetar o ‘espaço’ do dente permanente. “Vale lembrar que o dente permanente que irá nascer é maior que o dente de leite e irá ocupar seu lugar. Se houver um comprometimento no crescimento ósseo, esse dente briga por espaço na boca e acaba levemente girando para poder encaixar na janelinha”, afirma. Após a troca do dente, a cicatrização é rápida e os cuidados com a higiene bucal devem ser mantidos.

familycenter