Conectado por

Religião

VISÕES: queda de barranco, de barragem, tempestade de ventos, invasão do mar, explosão torre, Mineradora e Garimpo


Compartilhe:

Publicado por

em

Na amanhã desse dia, primeiro de abril de 2019, eu tive algumas visões:
Eu vi, era um barranco bem alto, tinha verdes e também parecia que havia limo ali, e de repente, aquele barranco começou a ceder de cima para baixo, parecia que tinha deslocado a parte da frente, e desceu tudo.
Logo se formou um caminho de lama, muito estrago.
Depois eu vi, em uma diagonal, parecia uma barragem ou uma represa de água, algo desse tipo, e começou abrir naquele lugar uma abertura, e as águas começaram a descer, e descia muitas águas, lamas, desciam muito rejeito, demorou descendo lamas.
Eram muitas coisas, e aquele espaço foi ficando mais largo.
As lamas desciam de forma assustadora  e tomava uma parte muito extensa daquele lugar, parecia uma forte cachoeira de lamas.

Depois eu comecei a ver muito vento, terrível tempestade, balançava  com bastante forças as palmeiras, eu tive a impressão que as palmeiras estavam sendo arrancadas pelas raízes, o vento destruia tudo.
Em seguida surgiu uma onda gigantesca, as águas vinham igual a cenas de filmes, algo assustador, invadiu as árvores, invadiu calçada, destruiu  tudo.
De repente, eu comecei a ver casas caindo, sendo arrastadas, carros embolando levado pelas águas,  objetos diversos arrastados, uma destruição total.
Eu olhei de um lado para o outro e só havia águas, destroços, destruição. 
Vi um porte de fornecimento de energia elétrica, dos antigos, e a força das águas fez aquele poste de cimento  tombar, e os fios se partiram, estouraram, eram três fios, e eu fui olhando e começou aquela águas a carregar tudo pela sua frente, fazendo tudo embolar como se fosse uma intensa cachoeira, algo horrendamente destruidor.

Depois eu vi muitas águas de enchentes, várias imagens assim, como se repetissem em lugares diferentes.
Depois eu vi, não sei se era uma torre,  mas eu entendi que ficava no alto, e eu vi acontecer uma explosão sobre aquele lugar, o fogo subiu rápido e assustador.
Não sei se era uma torre de moinho, mas o fogo era no alto, porque mim vi olhando de baixo.

Depois eu vi, uma barragem,  parecia um gigante lago meio escuro,  e aquele lugar rompeu na sua frente, parecia um degrau bastante largo.
E o lugar começou a sair águas escuras, e foi abrindo e cedendo mais, e eu vi tanta lama descer, com tanta velocidade que nada escapava a sua frente, foi tanta lama que dava para cobrir um grande bairro, ou Cidade,  destruiu tudo,  tudo.
Ficou apenas um rastro de lamas, e rejeitos incomensurável.
Algo até difícil para eu poder descrever o que vi.

Depois vi um lugar, acho que havia gramas ai, ou outra espécie de verdes, semelhante, e eu vi, aquele lugar sendo sugado para dentro, algo muito estranho. Parecia que a terra estava engolindo aquele espaço.

Vi muito mais coisas, não conseguir entender tudo, nem gravar em minha mente, ouvir também nuitas vozes, confusão e desespero. 
Ouvir nitidamente duas palavras. MINERADORA E GARIMPO.

Vi tudo isso ao amanhecer, e de forma normal.

O REI dos reis está voltando, preparem-se.
Quem tiver ouvidos para ouvir, que ouça!

E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Números 12:06

Pra Elza Amorim Carvalho 
[email protected]

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *