Conectado por

Elza Amorim Carvalho

Visões e traslado – Por Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em

Visões e traslado: verdade Coronavírus; águas revoltas e desabamentos; homens nús tortura; desastre aéreo; Investigação casos COVID-19; DENÚNCIA: MÉDICOS EUTANÁSIA, PESSOAS FORÇADAS MORTE DADA POR CORONAVÍRUS; montanha, clarão e Estados Unidos; Recado de Deus.
Na madrugada do dia 22 de maio de 2020, eu tive essas visões, assim como eu fui trasladada em meu espírito, e vi fatos que estão acontecendo e que vão acontecer.
Eu ouvia muitas falas ao mesmo tempo, confusão, manobras, articulações. E um clima de muito medo envolvia as pessoas.
Foi quando eu ouvir alguém me dizer assim:
“Este final de semana só duas pessoas morreram de coronavírus”
Minha mente voltou.
(Meu Deus, o que estão fazendo com o povo é simplemente satânico, que todos, um por um, pague pelo mal que estão fazendo)
Depois eu vi uma praia, um cais, as pedras pareciam de grandes travessia marítimas.
As águas eram azuladas e verdes, bonita e muito limpas. E essas águas faziam tanto movimento, elas mexiam-se parecendo que eram balançadas, e vinham do mar e se lançavam sobre essa contenção de pedras.
Parei de ver.
E neste exato momento eu ouvir: “sinais de desabamentos”.
Depois eu vi uma ilha, parecia muito isolada, de segurança máxima, nessa praia tinha um contorno tipo v ou uma concavidade de um coração.
E, naquelas areais, haviam centenas de homens, todos nús, sentados, constantemente.
Na minha visão eu disse: nossa! O que é isso, tortura?
Minha mente voltou
Depois eu vi uma área de muito verde, e vi um helicóptero, parecia ter acabado de pousar, por detrás deste helicóptero eu via subindo uma gigantesca camada de fumaças.
Depois eu vi homens, eu via as cabeças, eles usavam capacetes tipo de bombeiros, eles entravam por dentro de uma densa mata, muitas árvores.
Foi quando eu vi o bico de um avião, pela grandeza em que eu vi, parecia ser um Boing.
Minha mente voltou.
(Um desastre muito sério com avião vai acontecer)
Depois eu ouvia algo sigiloso, cheio de cautelas, de entrelinhas. E eu ouvir assim:
“Certo dia, Herbert falou com a atendente, se já fez análise laboratorial de cemitério”
Minha mente voltou
(Isto era alguém investigando sobre a contagem do coronavírus, e o investigador perguntou a este agente de saúde se ele sabia alguma coisa sobre um médico que morrer e que disseram que foi de coronavírus. Foi quando esse agente se lembrou de algo suspeito)
Que toda verdade venha a tona em nome de Jesus. Amém!
Depois eu vi uma montanha muito alta, ponto turístico, e vi quando uma mulher no cume, iria tirar uma selfie, haviam outras pessoas ali, parecia ser uma equipe de televisão, e eu vi quando uma repórter, (penso que ela tinha problema no andar) ela chegou no topo, bem ofegante, e arrebatou algo na mão da moça da  selfie e disse:
“Eu conseguir foi Deus, eu não acredito que eu conseguir subir até aqui”
Foi quando eu vi um clarão bem forte.
Enquanto isso eu via a bandeira dos Estados Unidos, como se ela estivesse estendida sobre toda a Nação.
Eu ouvir ainda algo assim: “alvo está acertado ali no sábado”
E eu vi um avião no ar, era um ambiente cinzento, frio.
Depois eu vi novamente a bandeira do EUA, desta fez pequena, quadrada, mas as cores estavam nítidas.
Vi ainda outras coisas naquela Nação, mas não conseguir guardar.
(Algo seríssimo vai acontecer naquela Nação)
Depois eu ouvia muitas articulações, coisas da surdina, eu sentia um clima de segredos obscuros, de medo, e muitas ameaças.
E, eu vi a sombra de alguém, parecia com muito medo, era homem, e ele buchichava algo para outra pessoa, que eu não conseguia ver, parecia ser alguém muito íntimo, mesmo assim, esse homen demonstrava estar com muito receio, temeroso pela vida daquela pessoa.
Mas eu entendi algo: “ele disse: morto não se defende, todos acreditam no que está sendo dito pela mídia, será difícil para quem falar alguma coisa…(não entendi) muitos médicos e auxiliares que morreram e colocaram com COVID-19, morreram de eutanásia, porquê viram e sabiam demais. E… muitas pessoas são forçadas a morte, ninguém tem acesso mesmo, nem a família…(parecia chorar) terrível. Se acontecer algo comigo, faz alguma coisa, porquê eu não estou mais trabalhando direito.
Minha mente voltou.
(Eu estava tão perplexa com aquilo, que eu não me dava conta que era um traslado, eu pensava estar assistindo um filme. Foi quando caiu a minha ficha)
“Eu estou sem saber o que dizer”
(médico pede socorro)
Já era aproximadamente às 7:00horas quando eu ouvia algo, e via pessoas tentando fugir de situações adversas, via muita perseguição.
Foi quando eu ouvir  a voz de Deus me dizer assim:
“Correrão e não se cansarão, andarão e não se fatigarão, caminharão e não se assustarão. Assim diz o Senhor”
Minha mente voltou
(Este é um recado de Deus para àqueles que vivem com Ele, mesmo sendo perseguidos, mal algum lhes acontecerá)
Pra. Elza Amorim Carvalho

Continua após a publicidade