Conectado por

Mato Grosso

Vice-prefeita morre aos 48 anos vítima de doença rara em MT

Publicado por

em

A vice-prefeita de Alto Garças (363 quilômetros de Cuiabá), Adelaide Hermes Ribeiro, morreu na manhã desta quinta-feira (08), vítima de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença que afeta o sistema nervoso de forma degenerativa. Ela estava internada em um hospital de Rondonópolis e já bastante debilitada por conta da comorbidade.
Ao Olhar Direto, o prefeito da cidade, Claudinei Singolano, contou que há dois anos ela descobriu a doença. “Porém, começou a ficar mais grave há seis ou oito meses. Fazia bastante medicação, injeções caríssimas, ia quase todo fim de semana para Goiânia fazer tratamento”.

Continua após a publicidade

A situação da vice-prefeita ficou bastante ruim nas últimas semanas. “Ela foi piorando, os músculos atrofiando, há poucos dias perdeu a fala. Acabou sendo transferida para Rondonópolis e hoje pela manhã não resistiu. É uma doença que vai sugando a pessoa, atacando vários órgãos e não tem cura”.

Com 48 anos, a vice-prefeita deixa marido e uma filha de apenas nove anos. Até às 09 horas desta quinta-feira o corpo não havia chegado em Alto Garças, onde será velado no Salão Paroquial. O sepultamento deve acontecer no fim da tarde, no Cemitério Municipal.

A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença rara, neurodegenerativa progressiva, para a qual não existe evidência de tratamento que leve à cura da doença. Ela afeta o sistema nervoso e acarreta paralisia motora progressiva, irreversível, de maneira limitante.

A doença ganhou bastante notoriedade na mídia em 2014, com a campanha do Desafio Balde de Gelo nas redes sociais, onde famosos e anônimos derrubavam um balde água gelada no corpo para divulgar e arrecadar fundos para pesquisa e ajudar pacientes com a doença.

O físico britânico Stephen Hawking foi um dos portadores mais conhecidos mundialmente da ELA.

Olhar Direto