Conectado por

Cuiabá-MT

Vacina contra a Covid-19 em Cuiabá: veja quem pode ser vacinado e o que fazer


Compartilhe:

Publicado por

em

A vacinação contra a Covid-19 começou no dia 20 de janeiro em Cuiabá. Já foram vacinadas 330 mil pessoas na capital, sendo 246 mil com a primeira dose e 73,5 mil com a segunda dose. Os dados são da Prefeitura de Cuiabá.

Essa diferença na aplicação da D1 e D2 acontece porque o intervalo de aplicação das vacinas da Astrazeneca e da Pfizer é de 12 semanas, que começaram a ser aplicadas na segunda quinzena do mês de julho.

A aplicação da vacina da Janssen, de dose única já foi realizada em cerca de 12 mil pessoas, num total de 80% de aplicação das doses que chegaram.

No dia 13 de julho, a Prefeitura de Cuiabá abriu o agendamento da vacinação contra a Covid-19 para o público de 45 a 49 anos.

As doses daqueles que faltarem à vacinação continuarão a ser agendadas para as pessoas de 18 a 44 anos, de acordo com o percentual correspondente da população da capital. Elas são chamadas de acordo com o número de vagas dos faltosos do grupo prioritário.

No caso do público de 18 a 44 anos, as doses aplicadas são das pessoas que faltam no dia do agendamento e não justificam no prazo de até 48 horas. O agendamento obedece a ordem cronológica do cadastro, não é a idade que será determinante.

A capital abriu o cadastro de vacinação para moradores com idade entre 18 e 49 anos no dia 30 de junho. O objetivo é usar as doses de pessoas que agendaram, mas não compareceram ao polo de imunização.

Atualmente, o município utiliza quatro tipos de vacinas contra a doença: CoronaVac, Astrazeneca, Pfizer e Jassen.

Estão sendo vacinados atualmente:

  • Pessoas com Síndrome de Down a partir de 18 anos
  • Pessoas com comorbidades a partir de 18 anos
  • Gestantes e puérperas com comorbidades a partir de 18 anos
  • Pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos
  • Lactantes com bebês menores de 1 ano
  • Trabalhadores da Educação
  • Caminhoneiros
  • Pessoas a partir de 45 anos sem comorbidades
  • Pessoas de 18 a 49 anos sem comorbidades, de acordo com o número de vagas dos faltosos do grupo prioritário

Atualmente, a vacinação contra a Covid-19 está ocorrendo em seis polos:

  • Senai, no Bairro Porto
  • Senai, no Distrito Industrial
  • Universidade Federal de Mato (UFMT), no Bairro Boa Esperança
  • Sesi Papa, no Bairro Morada do Ouro
  • Sesc Balneário, no bairro São João del Rei
  • No Teatro Zulmira Canavarros, no prédio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT)

Passo a passo para se cadastrar

  • Entre no site vacina.cuiaba.mt.gov.br
  • Clique em pré cadastro
  • Clique em aceitar e continuar
  • Selecione o grupo de risco e clique em próximo passo;
  • Escolha a unidade onde deseja receber a vacina e clique em próximo passo;
  • Preencha todos os dados que estão marcados com *
  • Clique em enviar cadastro

O que precisa levar

É preciso levar o comprovante do agendamento em ambos os polos, bem como documento com foto e número do cartão SUS. Como seja do grupo de comorbidade, é necessário levar um documento que comprove a doença.

Ao chegar no polo de vacinação, a pessoa que será vacinada também deverá apresentar um comprovante de endereço de Cuiabá em nome próprio ou de algum familiar cujo parentesco seja comprovado por meio de documento pessoal.

O agendamento continua sendo através do site para esses grupos.

O que fazer se você está nos grupos prioritários

Os imunizantes são aplicados por equipes de saúde da Prefeitura de Cuiabá. A vacinação de todos os grupos prioritário acontece nos polos de vacinação já citados na matéria.

Dúvidas

Fui vacinada com a AstraZeneca e quero agendar a segunda dose. Como devo proceder?

A segunda dose da AstraZeneca só deve ser tomada 90 dias após a primeira. Quando chegar perto da data escrita a lápis no cartão de vacinação, você deve ficar atenta para fazer o agendamento pelo site da Prefeitura.

Tenho um parente incluso no grupo prioritário que teve Covid-19 recentemente. Ele pode ser vacinado?

Segundo as recomendações do Plano Nacional de Imunização, pessoas que tiveram Covid-19 e que estiveram internadas só devem ser vacinadas após 30 dias da alta médica. E aqueles que tiveram Covid-19, mas que não precisaram ser internadas só devem ser vacinadas após 30 dias do início dos sintomas.

Como os idosos acamados são vacinados?

Um parente ou conhecido do idoso acamado deve procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa para fazer o cadastramento do idoso. Uma equipe móvel da Secretaria Municipal de Saúde vai agendar a vacinação desse idoso e irá até a casa dele para fazer a imunização.

G1.globo.com

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento