Conectado por

Agronegócios

UPL mantém compromisso com a cadeia de produção de alimentos em meio ao surto do novo coronavírus

Publicado por

em

Empresa reduz equipes presenciais, preserva o funcionamento das fábricas e reforça medidas de higiene e segurança dos colaboradores e prestadores de serviços.

Ciente de sua responsabilidade social para prevenção e contenção do novo coronavírus, a UPL – uma das cinco maiores empresas do mundo de soluções agrícolas – implantou o trabalho remoto para 85% dos colaboradores. Contudo, as operações estratégicas são mantidas em sistema de rodízio presencial, mantendo a produção e o fornecimento de defensivos aos clientes, responsáveis pela produção de alimentos para a população.

“Nosso compromisso como parte essencial da cadeia de produção de alimentos é, neste momento crucial: garantir a continuidade da nossa operação, fabricando nossos produtos e operando em parceria com os produtores, protegendo a agricultura de forma responsável. Mas, acima de tudo, zelando pelo fornecimento adequado de alimento saudável a toda a sociedade”, afirma o presidente da empresa no Brasil, Fabio Torretta.

De acordo com Torretta, a prioridade das ações da companhia, agora, é priorizar a saúde e a segurança de colaboradores e familiares, além de fornecedores, parceiros e comunidades. Até que a situação se normalize, viagens (nacionais ou internacionais) e participação em eventos estão suspensas. Para eventuais necessidades de presença no escritório, serão mantidos altos padrões de higiene, com medição de temperatura.

“Nossas duas unidades industriais, em Ituverava e Salto de Pirapora, ambas em São Paulo, seguem operando sem interrupção, assim como nossa operação na Índia está em atividade”, informa Fabio Torretta. “Nossos negócios não param. Estamos conduzindo todas as atividades por meio de recursos eletrônicos. Seguimos atuando com responsabilidade e solidariedade diante da pandemia, inclusive fornecendo alimentação aos caminhoneiros que levam insumos e buscam nossos produtos. Importante destacar, aliás, a atenção especial das autoridades à logística, que é o coração do nosso negócio. O trânsito de bens essenciais segue normalmente e isso é muito positivo neste momento”, ressalta o presidente da UPL no Brasil.

Sobre a UPL

A nova UPL é líder na cadeia de produção de alimentos global e, com a aquisição da Arysta LifeScience, torna-se uma das 5 maiores empresas de soluções agrícolas do mundo. Com receita de aproximadamente US$ 5 bilhões, a nova UPL está presente em 76 países, com vendas para mais de 130. A empresa conta com mais de 10.800 pessoas em todo o mundo. Com acesso ao mercado global para a cadeia de alimentos e focada em regiões de alto crescimento mundialmente, nosso objetivo é transformar a agricultura através do propósito OpenAg, uma rede agrícola aberta que alimenta um crescimento sustentável para todos. A nova UPL oferece um portfólio integrado de soluções agrícolas patenteadas e pós-patente para diversas culturas, incluindo produtos para proteção de cultivos, soluções biológicas e tratamentos de semente para toda a cadeia. Para mais informações sobre a nova UPL, visite: https://www.upl-ltd.com/br.

Texto Assessoria