Conectado por

Ariquemes

Serviço de emissão de RG é suspenso por falta de papel-moeda em Ariquemes


Compartilhe:

Publicado por

em

A coleta de dados para a emissão de RG está suspenso por tempo indeterminado em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), o serviço foi interrompido devido a falta da cédula de papel-moeda, que são fornecidos e controlados pelo Instituto de Identificação Civil e Criminal (IICC) da Polícia Civil.

Desde o dia 15 de fevereiro, as pessoas que procuram o setor de identificação, que está localizado na Semdes, estão recebendo o aviso de que a emissão está suspensa pela falta do material imprescindível na execução do documento.

De acordo com setor de identificação da Semdes, o município possui um termo de cooperação com o Estado, onde uma equipe faz a coleta de dados das pessoas e encaminham para o IICC, em Porto Velho. Lá, os documentos são confeccionados e reencaminhados para o município em até 45 dias.

“Suspendemos os serviços até que se restabeleça, ou seja, até que venha ter uma solução por parte do Estado quanto a disponibilidade das cédulas. Não temos como fazer, nós temos os servidores, a estrutura, o agendamento online e as pessoas para fazer, mas infelizmente com a falta da cédula não é possível atender”, explicou a secretária de desenvolvimento social, Gisele Jasset.

Conforme Gisele, o setor de identificação atende cerca de 40 pessoas por dia, de várias cidades da região do Vale do Jamari.

O problema se agrava ainda mais por conta das coletas de dados, que estavam agendadas para os próximos 60 dias e mais de mil pessoas ficarão sem emitir o documento até lá. O site da prefeitura para agendamento online foi removido do ar.

“Nós estávamos com uma agenda de 40 pessoas por dia, que estava cheia até o mês de abril. Não é só Ariquemes que vem sofrendo com esse problema, eles [IICC] não estão conseguindo suprir a demanda do estado”, relatou Gisele Jasset.

A dona de casa, Luciana Oliveira Santos, contou que não era a primeira vez que vai ao setor de identificação para tentar emitir o RG do filho, de 12 anos e que possui necessidades especiais.

“Fica muito complicado pra gente, porque não tem a cédula e nem previsão de quando vai ter. A escola está solicitando o documento e quando levo ele pra fazer consultas, também pedem o RG. Agora resta esperar mais um seis meses para voltar e ver se já foi resolvido”, exclamou.

Motivo e solução do problema

Procurado pela reportagem, O IICC da Polícia Civil informou a falta das cédulas para a emissão do documento acontece devido ao grande aumento da demanda estadual para a confecção de RG e que outras cidades do estado também estão passando pelo mesmo problema.

O instituto ainda informou que não há previsão de quando o problema será solucionado em Ariquemes e nas outras cidades.

(G1)