Conectado por

Rondônia

Secretaria de Saúde realiza mutirão de Ressonância para atender mais de 2 mil pacientes


Compartilhe:

Publicado por

em

Paciente de Ouro Preto que aguardava a dois meses fazendo exame no tornozelo

O mutirão realizado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), iniciou no dia 26/06 e acontece até o dia 04/07, uma boa notícia para os pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS, que estão na fila de espera para realização dos exames de ressonância magnética sem sedação. Serão beneficiados  2mil e 200 pacientes que aguardavam através do Sistema de Regulação Nacional – Sisreg.para realização do procedimento.

O secretário de saúde Fernando Máximo,  explicou que esse é um dos exames que possui uma das maiores demandas. ” Depois de realizarmos um levantamento e com o controle de gastos que fizemos foi possível abrir estas vagas, e assim atender esta demanda de pacientes de 29 municípios das regiões da região central, Vale do Anari e Madeira Mamoré.”

Os exames estão sendo realizados em duas clínicas terceirizadas, com um equipe de 4 técnicos, chegando a uma média de 120 ressonâncias por dia, cada exame demora cerca de 30 minutos. E os laudos são entregues em até três duas úteis. As ressonâncias mais pedidas são de crânio, pelve e coluna, joelho.

A aposentada  Cecília Vaz de 56 anos, é moradora de Ouro Preto do Oeste, ela tem tendinite, já passou por duas cirurgias e estava aguardando na fila para realizar o a ressonância no tornozelo, há dois meses.

” Me avisaram por telefone que seria dia 03 de julho meu exame e ai já me preparei e fiquei surpresa por conseguir logo.” Disse, ela.

A gerente estadual de regulação, Kênia Ribeiro, explica que assim como o caso da aposentada de Ouro Preto, outros pacientes que entraram recentemente no sistema estão sendo chamados.

” Essa é outra boa notícia, com esse mutirão conseguimos equilibrar a fila de espera atendendo os pacientes de 2019, já que esse exame complementar é muito importante para o diagnóstico do paciente.” Explicou a gerente.

A gerente ressalta também que é importante que as pessoas mantenham seus dados atualizados nas unidades de saúde pois a comunicação é feita por telefone, e que também compareçam na data agendada, o transporte até a capital é realizado através das secretarias municipais de saúde.

 Regiões atendidas pelo mutirão

Região Central: Ji-Paraná, Ouro Preto, Mirante da Serra, Urupá, Teixeirópolis, Nova União, Vale do Paraíso, São Miguel, Alvorada, Presidente Médici.

Vale do Anari, Theobroma, Jaru e Governador Jorge Teixeira.

Vale do Jamari: Ariquemes, Alto Paraíso, Buritis, Cacaulância, Campo Novo de Rondônia, Monte Negro, Machadinho, Cujubim, Rio Crespo.

Madeira Mamoré: Porto Velho, Guajará Mirim, Nova Mamoré, Itapuã, Candeias do Jamari.