Conectado por

Justiça

Saiba como é a especialização em direito penal

Publicado por

em

Se você está na graduação de direito ou é formado e está pensando em seguir a carreira na área de direito penal, precisa conhecer como é a especialização nesse ramo. Como você deve saber, o direito é uma área ampla, portanto os advogados podem escolher se querem atuar com direito trabalhista, tributário, civil, entre outros.

Continua após a publicidade

Direito penal

Antes de conhecer um pouco sobre a especialização que um advogado direito penal deve fazer, é importante saber o que é o que faz um profissional que atua nessa área.

De forma resumida, podemos definir o direito penal como um ramo do direito público responsável por determinar as penas aos infratores. Portanto, ajuda na resolução de conflitos com base em um conjunto de leis, definindo o que é legal e o que é crime.

Entre as diversas ações que o advogado especialista direito penal realiza, podemos destacar a escrita de petições, participar de julgamentos, orientar clientes.

Sobre os cursos

Os cursos de especialização feitos por um advogado direito criminal ou de qualquer outro ramo, se diferenciam em relação às disciplinas e cargas horárias, assim como a metodologia de ensino.

No entanto, no caso da advocacia penal, a pós-graduação busca capacitar o aluno a ter um bom desempenho no sistema de justiça criminal no Brasil. É voltado para advogados, promotores, juízes, defensores públicos e outros profissionais ligados à área.

Existem diversos cursos dentro desse ramo que estudam os princípios do direito penal, portanto o foco de cada especialização é diferente. Alguns dos assuntos estudados são:

  • ciências criminais;
  • investigação;
  • processo penal;
  • criminologia

 

Mercado de trabalho

Antes de escolher a profissão de advogado defesa criminal ou qualquer outro ramo, os profissionais costumam pesquisar sobre o mercado de trabalho.

Se você já estuda ou trabalha na área de direito, deve saber que o Brasil é o país com o maior número de faculdades de direito no mundo. E não é só isso, o nosso país tem cerca de 1.400 instituições que oferecem essa graduação, enquanto a soma do número de faculdades de todos os outros países do mundo é em torno de 1.200.

Portanto, há um elevado número de advogados no país, fazendo com que o mercado de trabalho seja disputado. Porém, no ramo penal, o advogado tem diversas possibilidades de atuação.

Trabalhar como um advogado criminalista talvez seja uma das atuações mais conhecidas, mas não é a única. O profissional também pode exercer a função de defensor público, delegado da Polícia Civil e Federal, juiz, entre outros.

Assessoria