Conectado por

Saúde

Retinol: o ativo que está dominando o mercado de beleza


Compartilhe:

Publicado por

em

udo o que você precisa saber sobre Retinol

Quem é fã de cuidados com a pele provavelmente já ouviu falar sobre o retinol. O ativo, que está dominando o mercado, se tornou um dos queridinhos das amantes de skincare pela sua ação anti envelhecimento, promovendo renovação celular e uma aparência mais suave para a pele.

A médica Ana Cecilia Corcini, especialista em estética na Clínica Leger, preparou um guia sobre os poderes e cuidados do uso do retinol na pele.

O que é Retinol?

“O Retinol é um ativo derivado da vitamina A. Ele está presente em alguns alimentos como gema de ovo e óleos de peixe. É indicado há muitos anos na área da estética médica para o rejuvenescimento da pele, tendo sua eficácia comprovada em diversos trabalhos científicos”, revela a Dra. Ana Cecilia.

Benefícios do Retinol

De acordo com a médica, seu principal benefício está associado ao estímulo da produção de colágeno e elastina, que são proteínas responsáveis pela resistência e elasticidade da pele. Também estimula a produção do ácido hialurônico, fundamental para uma boa hidratação.

Para quem é indicado

Indicado para os pacientes que apresentam flacidez cutânea e sinais de envelhecimento, como no caso das rugas e da desidratação tecidual, devido ao seu poder de estimular a renovação celular.

Como usar o retinol

De acordo com Ana Cecilia, a principal recomendação é seguir as orientações de um médico especialista. “O Retinol pode ocasionar sensibilidade e irritação na pele por ser fotossensibilizante, portanto, o seu uso precisa ser a noite. No dia seguinte, a pele deve ser bem higienizada, após proteger com filtro solar com FPS mínimo 30”, alerta a médica.

Dicas extras

• O Retinol pode causar desidratação e ressecamento na pele. Por isso, é interessante fazer uso de fórmulas que contenham ingredientes hidratantes. Por exemplo, o retinol combinado ao ácido hialurônico.

• “Outra dica é não exceder na quantidade recomendada, pois pode causar irritação à pele. E, claro, antes de iniciar qualquer tratamento consulte sempre um médico especializado para lhe orientar na maneira correta de aplicar o produto. Lembre-se: a sua saúde e seu bem-estar sempre devem vir em primeiro lugar”, ressalta Ana Cecilia Corcini.

Verônica Bittencourt Scisinio