Conectado por

Agronegócios

Projeto de apoio à cadeia produtiva do cacau tem início


Compartilhe:

Publicado por

em

Sebrae, Seagri e grandes parceiros atuarão na melhoria da produção

O Projeto Cacau Sustentável de Rondônia, que está iniciando suas ações na região central do Estado tem alguns pilares de atuação. Sebrae, Governo do Estado de Rondônia, por meio da Seagri e outros oito parceiros estão juntos buscando meios do produtor melhorar sua produtividade, se capacitando para atuar na conquista de novos mercados.

O projeto prevê a atuação da gestão da propriedade rural da porteira pra dentro, isto é, capacitar o produtor rural a pensar sua propriedade como uma empresa. ”Para nós, do Sebrae, cada propriedade é um empreendimento rural e, como tal, devemos fazer a gestão, verificando custos fixos, custos aparentemente invisíveis, margem, fluxo de caixa, entre outras ferramentas de gestão”, disse a gestora do projeto e analista do Sebrae em Jaru, Marcileide Zirondi.

Além da gestão, as intervenções do projeto passam por consultorias, capacitações, orientações, ações de mercado que podem colocar Rondônia em uma posição relevante na produção de cacau no país. Fazem parte da iniciativa entidades do quilate de Seagri, Senar, Emater, Mapa, Idaron, Câmara Setorial do Cacau, Ceplac, Sescoop, IFRO e Embrapa, todos unidos em prol da cacuicultura.

A SEAGRI como mediadora do processo de construção das políticas agrícolas, vem atuando com determinação para promover o desenvolvimento da cacauicultura no estado de Rondônia. “Estamos criando as bases institucionais necessárias para consolidação de uma política agrícola para a cacauicultura como a Câmara Setorial do Cacau, a Instrução Normativa Conjunta SEDAM/SEAGRI/EMATER Nº 01/2020, a Inserção de uma Ação para a Cacauicultura no Plano Plurianual – PPA, a Parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDR, visando a construção da Rota do Cacau de Rondônia e estamos lançando o Primeiro Concurso de Qualidade do Cacau de Rondônia o CONCAU”, disse o Secretário de Estado da Seagri, Evandro Padovani.

Segundo o secretário, são projetos envolvendo diversos parceiros representantes da Cadeia Produtiva do Cacau que certamente irão contribuir para a expansão da lavoura cacaueira em Rondônia, com desenvolvimento econômico, social e ambiental.

“Um esforço de várias entidades para dotar a produção de cacau de nosso Estado de ferramentas e soluções que realmente conduzam Rondônia a uma posição relevante na produção do país, como já houve uma vez, desta vez, desenvolvendo a cadeia produtiva de maneira sustentável, introduzindo tecnologia e a cultura da internacionalização, reforçada com nosso evento Agrolab Amazônia”, disse Samuel Almeida, diretor técnico do Sebrae em Rondônia.

Agrolab Amazônia

As ações do projeto Cacau Sustentável de Rondônia deverão desembarcar na Agrolab Amazônia, o maior evento virtual voltado para o agronegócio da Amazônia Legal. Trata-se de uma imersão na transformação digital a partir da realização e uma programação totalmente focada no setor produtivo. São palestras, fóruns, debates com temas muito relevantes para o desenvolvimento do agronegócio na Amazônia Legal. Mais que um evento do Agro, é um catalisador de oportunidades, uma vez que proporciona a cultura da internacionalização com a possibilidade de prospecção de novos mercados. Para conhecer mais sobre o evento basta acessar www.agrolabamazonia.com, sendo possível realizar a inscrição gratuita no evento.

Saiba mais sobre as ações do Sebrae: acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp, pelo mesmo número. Siga o Sebrae em Rondônia nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube.

Imprensa-RO

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento