Conectado por

Economia

Procon: Consumidores devem ficar atentos para evitar fraudes

Publicado por

em

A Black Friday, uma das épocas mais aguardadas pelos brasileiros, terá seu início nesta sexta-feira (29) e o órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) faz um alerta de como os consumidores podem evitar fraudes na hora das compras.

A Black Friday, que começa nesta sexta-feira (29) e termina no domingo (1º), reúne os melhores descontos em diversas lojas e comércios no Brasil.

No entanto, alguns desses estabelecimentos podem tentar enganar os clientes que estão animados para pagar mais barato, segundo o representante do Procon, Gustavo Costa.

Uma das fraudes mais conhecidas pelo público, segundo Costa, é quando os comerciantes aumentam os preços dos produtos nas vésperas da Black Friday e, no dia evento, voltam a reduzir, fingindo que estão dando desconto quando, na verdade, estão vendendo pelo mesmo preço que cobram no dia a dia.

É preciso antecipar as visitas nas lojas para fazer um apanhado de preços, tirar fotos dos produtos que você deseja, para que não seja vítima de fraude

“A dica mais importante é não deixar para ultima hora. É preciso antecipar as visitas nas lojas para fazer um apanhado de preços, tirar fotos dos produtos que você deseja, para que não seja vítima de fraude”, orientou.

Outro tipo de golpe comum é a compra casada. Segundo Costa, isso ocorre quando uma loja oferece desconto em um de seus produtos apenas se o cliente levar outras duas ou mais peças.

Fiscalização

Para evitar lesões aos direitos do consumidor, os fiscais do Procon fazem patrulhas, há duas semanas, em diversas lojas da Capital mato-grossense, supervisionando os produtos.

As equipes estão tirando fotos dos preços para que, no período da Black Friday, possam retornar até o estabelecimento e comparar, a fim de verificar se existe mesmo o desconto.

“Se o fiscal flagrar alguma situação de fraude, o proprietário será notificado. Se ele não fizer a retificação, será penalizado mediante multa imediatamente. O valor da multa depende da denúncia do cliente”, explicou.

Aqueles consumidores que se sentirem lesados durante os dias da Black Friday ou que flagrarem alguma fraude pode recorrer ao Procon, no Centro de Cuiabá, ou ligar no telefone de atendimento (65) 3641-6400.

O Procon ressalta que, ao fazer a denúncia, o cliente deve estar com a nota fiscal do produto ou com uma foto dos preços adulterados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *