Conectado por

Agronegócios

Preços do açúcar são pressionados pelo mercado financeiro e safra indiana


Compartilhe:

Publicado por

em

Em Nova York, o lote com vencimento para outubro/19 foi firmado em 11.82 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 20 pontos. A tela março/20 fechou em 12.86 centavos de dólar por libra-peso, queda de 17 pontos. Os demais contratos caíram entre 15 e 17 pontos.

De acordo com o jornal Valor Econômico de hoje, ?com o acirramento da guerra comercial entre Estados Unidos e China, uma onda de aversão ao risco fez o dólar disparar ante várias moedas, entre elas o real. Isso costuma pressionar o açúcar, já que desestimula as exportações brasileiras. O petróleo também teve forte baixa. No lado dos fundamentos, as chuvas acima da média na Índia em julho podem levar a revisões nas projeções para a próxima safra da Índia?.

Em Londres os contratos para outubro/19 fecharam em US$ 317,80 a tonelada, queda de 5,90 dólares. O lote para dezembro/19 fechou em US$ 327,70 a tonelada, recuo de 4,50 dólares. Os outros vencimentos desvalorizaram entre 3,10 e 3,80 dólares.

Mercado doméstico

Em São Paulo, o indicador diário do açúcar cristal Cepea/Esalq subiu 1,52%, quando comparado à véspera e fechou em R$ 59,40 a saca de 50 kg.

Etanol

O indicador diário do etanol hidratado Esalq/BM&FBovespa, posto Paulínia, foi firmado em R$ 1.792,50 o metro cúbico, variação positiva de 0,11% quando comparado com os preços praticados na véspera.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *