Conectado por

Justiça

Polícia prende homem acusado de matar 5 filhos ainda bebês

Publicado por

em

Continua após a publicidade

Um homem suspeito de assassinar cinco de seus filhos foi preso pela polícia da Califórnia, nos Estados Unidos. Segundo as autoridades, os assassinatos começaram a ser descobertos em 2007, no condado de Yolo. O caso estava na lista de “arquivo morto”, mas novas pistas fizeram a polícia chegar ao nome de Paul Allen Perez, de 57 anos. As informações são da CNN.

De acordo com o comunicado da polícia, em outubro de 2019, investigadores conseguiram descobrir, por meio de uma nova tecnologia de DNA, a identidade de um bebê morto encontrado por um pescador em março de 2007 dentro de um contêiner.

A criança foi identificada como Nikko Lee Perez. O menino tinha apenas três meses de idade e apresentava “trauma contundente à força”. Após a identificação, os investigadores descobriram outros quatro irmãos de Nikko: Kato Allen Perez, nascido em 1992; Mika Alena Perez, nascida em 1995; Nikko Lee Perez, nascido em 1997; e Kato Krow Perez, nascido em 2001. Os corpos de três deles ainda não foram encontrados.

Com o cruzamento das informações, a polícia chegou ao suspeito, que já foi condenado por agressão sexual e outros crimes.

Para o delegado responsável pelo caso, Tom Lopez, o caso é chocante. “Em 40 anos de trabalho, não consigo pensar em um caso mais chocante do que esse”.

Para a defensora pública de Perez, Tracie Olson, as investigações ainda não terminaram. “Até agora, parece que as evidências de DNA só conseguiram identificar Paul Perez como o pai biológico de um filho. Nada mais”, disse a defensora pública à CNN.

Se for considerado culpado, Perez pode ser condenado à prisão perpétua sem direito a liberdade condicional ou ainda a pena de morte.

ODia