Conectado por
Governo de Rondônia

Mundo

Mulher mata sobrinho com quem mantinha relacionamento secreto

Publicado por

em


Continua após a publicidade

e abusada por ele, informa o Daily Mail.

 

A mulher, que alega inocência, disse que foi repetidamente criticada pelo sobrinho, e que este a agrediu diversas vezes em público. Além disso, as ameaças de morte, segundo a suspeita, teriam durado três anos, tempo em que se relacionaram.

Andira chegou a ser atacada pelo rapaz, mas nunca prestou queixa. No dia em que o esfaqueou, a polícia esteve em sua casa, após um alerta de assalto. Ela disse aos agentes que deveria ser um engano e, quando eles saíram, esfaqueou Mohammed nas costas, deixando-o sangrar até a morte.

Mohammed Abdelaziz, que era advogado, se referia a tia como uma “filha da p…”, em mensagens de texto obtidos pela polícia. Ele a teria ameaçado: “Sua vida acabou, seus filhos acabaram. Você está morta”.

Se for acusada pelo crime, Andira poderá pegar pena de prisão perpétua.