Conectado por

Entretenimento

M. J. Arlidge traz de volta a detetive Helen Grace em novo suspense policial


Compartilhe:

Publicado por

em

A protagonista, que apareceu pela primeira vez em “Uni-duni-tê”, está de volta para desvendar o mistério de uma série de assassinatos brutais na região de Southampton

DA MORTE NINGUÉM ESCAPA

  1. J. Arlidge
    350 páginas
    R$ 44,90
    Editora Record | Grupo Editorial Record

Os registros de assassinatos aumentaram na região de Southampton, no Reino Unido, e a detetive-inspetora Helen Grace precisa desvendar o mistério das mortes, que seguem um padrão: todas as vítimas têm o coração arrancado do corpo e entregue aos familiares em seguida. Para solucionar as questões, o thriller interliga as histórias em pequenas partes bem divididas.

Além de precisar lidar com os graves assassinatos, Helen Grace ainda precisa cuidar de dramas pessoais, vícios e inimizades dentro do ambiente de trabalho, como os casos da policial Charlie e de uma jornalista que pode comprometer toda sua investigação. Com a narrativa picotada em pequenos episódios, o autor constrói cenários, situações de suspense e o instigante desenvolvimento da apuração dos crimes.

De forma detalhista e meticulosa, M. J. Arlidge dá continuidade à história da personagem Helen Grace, que apareceu pela primeira vez em “Uni-duni-tê”, também lançado pela Record, mas desta vez com uma narrativa mais sangrenta.

  1. J. Arlidge produziu um número considerável de séries para a TV, como “Torn”, “The Little House” e “Undeniable”. Ele também escreve para a série da BBC “Silent Witness”.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *