Conectado por
Governo de Rondônia

Economia

Greve dos caminhoneiros deixa interior de Rondônia sem gás

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Com mais de 106 mil habitantes, o município de Ariquemes sofre com a crise no reabastecimento de todos os tipos, o reabastecimento em mercados, postos de combustível e gás de cozinha (GLP) e de farmácias.

Na manhã desta segunda-feira (28) quem procurou por gás de cozinha não encontrou em nenhum ponto de venda em Ariquemes, com mais essa para somar a problemática, mostra que o governo federal nunca teve um plano B.

A dona de casa que precisou, não encontrou, como foi o caso da Sra. Maria Conceição, que nos relatou a preocupação com a procura de gás de cozinha em toda a cidade. “Meu marido e meus filhos chagarão para o almoço e janta todos os dias, como minha família será alimentada, será que teremos que voltar à época em que as refeições eram feitas em fogão à lenha, em pleno século 21”. Desabafou.

Nenhuma carga de gás GLP está prevista para chegar em Ariquemes, e enquanto o governo e os manifestantes não chegarem a um acordo, essas problemáticas tende-se a aumentar, e em larga escala.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *