Conectado por

Mato Grosso

Governo abre mão de equipamentos de UTI para ajudar o AM e abrirá 20 novos leitos com recursos próprios


Compartilhe:

Publicado por

em

O governo de Mato Grosso decidiu abrir mão de equipamentos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que estavam no Hospital Santa Casa e pertencem ao Ministério da Saúde para encaminhá-los ao Amazonas, que passa por um colapso em seu sistema de saúde. Além disto, a gestão de Mauro Mendes (DEM) ainda pretende abrir 20 novos leitos com recursos próprios.
Em novembro, Mato Grosso foi notificado pelo Ministério da Saúde para devolver os dez equipamentos para tratar pacientes da Covid-19, que estavam instalados no Hospital Estadual Santa Casa. Os leitos já haviam sido desabilitados pelo órgão federal no ano passado, porque a média de internação de pacientes com coronavírus à época da solicitação estava em torno de 30%.

Os equipamentos, que são alugados pelo Ministério, ainda estão no Hospital e serão remetidos pelo órgão para socorrer o Estado do Amazonas.

Vale destacar que na época da desabilitação desses leitos, o Estado, com recurso próprio, para manter o atendimento, habilitou mais 30 leitos de UTI no Hospital Metropolitano, que é a referência no tratamento e combate ao Coronavírus. Passando de 40 leitos de UTI para 70, sem nenhuma perda para a população.

Segundo o Estado, o trabalho para garantir o atendimento à população de Mato Grosso continua e, na próxima semana serão abertos 20 novos leitos de UTI, sendo 10 no Hospital Estadual Santa Casa e a mesma quantidade no Metropolitano, todos exclusivos para tratar pacientes com Covid.

“Lembramos ainda que o Governo de Mato Grosso empresta os equipamentos de UTI adquiridos no ano passado para diversos municípios, como é o caso de Cuiabá, que utiliza 10 aparelhos fornecidos pelo Estado para atendimento aos pacientes da Covid-19”, finaliza a nota.

Olhar Direto