Conectado por

Cuiabá-MT

Família contesta aplicação de vacina em idoso de 88 anos em Cuiabá; veja o vídeo


Compartilhe:

Publicado por

em

A família de um idoso de Cuiabá, que tomou a primeira dose da vacina contra Covid-19, questiona se ele foi mesmo imunizado. As dúvidas surgiram depois das imagens que mostram o momento da aplicação da vacina.

Em nota, o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-MT) informou que só vai se pronunciar após a denúncia chegar formalmente ao órgão.

No dia 12 de fevereiro, a família de Benedito Barros Santiago, de 88 anos, gravou o momento da aplicação da primeira dose da vacina no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

Era um momento de euforia e comemoração. O vídeo do idoso sendo vacinado foi compartilhado e as repostas chamaram atenção.

“Depois que comentaram, eu vi que foi algo muito rápido e não completo, foi aplicado só um pouco”, disse Jakeline Zaiden, fotógrafa.

Com a repercussão, veio a suspeita: a vacina foi mesmo aplicada? Segundo a família, quando a agulha é retirada do braço do idoso, o líquido ou parte dele continua na seringa.

O que aconteceu antes e após o momento da aplicação ainda não está claro para família que decidiu procurar o Ministério Público do Estado. O paciente tem direito e o profissional de saúde tem a obrigação de ser o mais transparente possível durante o processo de vacinação.

O paciente e o acompanhante podem pedir para ver o frasco da dose, até para saber que tipo de vacina vai ser administrada, podem acompanhar também a abertura da seringa, retirada da dose e aplicação.

O caso foi divulgado nesta manhã de quarta-feira (24) no Bom Dia Mato Grosso, da TV Centro América, afiliada à TV Globo. A família vai fazer a denúncia ao Ministério Público do Estado (MPMT).

Sobre a suspeita da família de que a dose não foi aplicada, a Secretaria de Saúde de Cuiabá se manifestou dizendo que vai investigar o caso.

Veja a nota:

Sobre o vídeo que está circulando nas redes sociais da vacinação de um idoso que supostamente não ocorreu, a Prefeitura de Cuiabá:

-Por determinação do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, as imagens foram encaminhadas às autoridades policiais competentes para análise e perícia;
– A decisão foi tomada para que não haja o risco de se cometer uma injustiça com os profissionais de Saúde envolvidos;
– Qualquer tipo de denúncia em relação à vacinação será acompanhada de perto pela Prefeitura de Cuiabá, até mesmo porque tem acontecido alguns casos de práticas criminosas pelo país;
– O prefeito de Cuiabá reitera que nenhuma prática que incorra em crime irá prosperar na capital mato-grossense. “Cuiabá é uma cidade solidária, sabe ajudar o outro, e o papel do prefeito é promover esse sentimento de solidariedade, ainda mais num momento histórico como esse”, asseverou.
– Para facilitar o processo de recolhimento de manifestações relacionadas à campanha municipal de imunização, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) montou um posto de atendimento no Centro de Eventos do Pantanal. Somado a esse posto de atendimento, a Ouvidoria também recebe manifestações por meio do 0800-645-01-56, WhatsAPP (65) 9-9263-9779, e-mail: [email protected], e em sua sede, localizada Av. Mato Grosso, nº 453.

Veja o vídeo no momento da aplicação duvidosa: 

Unicanews