Conectado por

Acre

Eventos com mais de 100 pessoas são liberados nas faixas amarela e verde durante pandemia no AC


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Já estão em vigor regras mais flexíveis para a realização de grandes eventos no Acre. A atualização da resolução que trata sobre o funcionamento e organização dos diversos seguimentos em meio à pandemia da Covid-19 foi publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial do Estado (DOE).

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 atualizou o protocolo sanitário para eventos de entretenimento com grande público e também incluiu orientações aos estabelecimentos do setor.

A flexibilização acontece em função do avanço da vacinação no estado, principal medida de prevenção da Covid-19, e da queda do número de casos da doença, óbitos e hospitalizações.

As regras foram atualizadas para a viabilização de eventos culturais, religiosos, shows artísticos, festivais e afins com público superior a 100 pessoas.

As lotações máximas desses espaços são determinadas conforme a classificação de risco. Na faixa amarela, de atenção, é permitido lotação máxima de 50% da capacidade dos locais. Já na faixa verde o limite aumenta para 80%.

Atualmente, todas as três regionais do Acre – Alto Acre; Juruá; e Tarauacá/Envira – estão na bandeira verde (Nível de Cuidado), a menos restritiva do plano criado pelo estado para a retomada das atividades de forma gradual e segura.

Passaporte da vacina

 

Para entrada nos eventos com mais de 100 pessoas é obrigatório a apresentação da carteirinha de vacinação comprovando a imunização contra a Covid-19. O decreto que prevê a obrigatoriedade do passaporte da vacina foi publicado nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Pessoas acima de 12 anos só participem de atividades culturais, feiras e jogos esportivos se estiverem vacinadas contra a Covid-19 com as duas doses ou dose única. A obrigatoriedade também vale para os funcionários dos eventos e atividades culturais, sociais e esportivas.

O comprovante de vacinação não será exigido para menores de 12 anos de idade e nem para pessoas com atestado médico que comprove que não pode se vacinar. Nesse último caso, é preciso apresentar teste RT-PCR realizado nas últimas 48h, ou teste rápido feito nas últimas 24h.

Regras para eventos

Conforme a nova resolução, durante os grandes eventos com mais de 100 pessoas é proibida entrada e permanência de participantes que apresentem sinais e sintomas de síndrome gripal.

Além disso, os organizadores devem orientar os participantes sobre o uso de máscara ao circular pelas áreas comuns, sobre a adoção do distanciamento social, e higienização frequente das mãos. Os banheiros, lavatórios e superfícies de áreas comuns também devem passar por higienização constante.

A resolução também ressalta que os organizadores ou proprietários dos estabelecimentos onde ocorrem os eventos vão ser considerados corresponsáveis por eventual descumprimento das regras por parte dos convidados ou clientes.

Todos os eventos com mais de 100 participantes devem ser comunicados ao Comitê Covid, por meio de ofício, com antecedência de, pelo menos, 15 dias, com o detalhamento de protocolo sanitário específico que devem ser seguidos.

Covid-19 e vacinação no Acre

O Acre segue com redução de casos e mortes pela Covid-19. Desde o início da pandemia, mais de 88,2 mil pessoas foram contaminadas e mais de 1,8 mil perderam suas vidas para a doença. Mais de 86 mil pessoas receberam alta.

Atualmente, em todo estado, há seis pacientes internados nos hospitais de referência, dos quais 4 estão com resultado positivo para a doença, segundo último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde.

Dos 20 leitos disponíveis na rede SUS em todo o Acre, dois estão ocupados. Com isso, a taxa de ocupação dos leitos é de 10%. São 10 leitos em Rio Branco e 10 em Cruzeiro do Sul.

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 999.067 doses na população até este domingo (28), data da última atualização. Das doses, 561.607 pessoas tomaram a primeira dose, 406.972 a segunda, 12.137 a dose única e 14.844 a de reforço.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

G1.globo.com
Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento