Conectado por

Cuiabá-MT

Estudante de jornalismo que não tinha doença pré-existente morre de Covid-19 aos 23 anos em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

A estudante de jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Micaelly Larissa Ignatz Macedo, de 23 anos, morreu nessa quinta-feira (29), de Covid-19. Segundo a família, ela não tinha nenhuma doença pré-existente.

Micaelly começou a ter os primeiros sintomas no dia 24 de março e uma semana depois foi internada no Hospital Santa Rita, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, onde morava.

Ela foi internada no dia 30 de março e transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 1º de abril.

Micaelly estava no 3º semestre do curso e estagiava em uma agência.

Em nota, a coordenação do curso lamentou a morte da universitária.

“Esta coordenação, em nome do curso de jornalismo, sensibiliza-se com o ocorrido e abraça docentes, amigas/os, colegas e familiares da Micaelly, em sinal de consternação”, diz.

O corpo dela será sepultado no Cemitério Parque Bom Jesus, em Cuiabá, às 17h desta sexta-feira (30).

G1.globo.com