Conectado por

Cuiabá-MT

Emanuel volta a cobrar que população respeite quarentena e evite relaxamento

Publicado por

em

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) voltou a criticar parcela da população que promove o relaxamento total das medidas de isolamento e prevenção ao novo coronavírus, ignirando o quadro de pandemia.

Continua após a publicidade

Segundo o gestor, para de fato haver o achatamento na curva da Covid-19 de infecção na capital, é necessário que a população colabore. Como ainda existem pessoas que não cumprem as medidas adotadas na capital, a ficalização continua sendo feita, inclusive com a manutenção do toque de recolher das 20h às 05h e a quarentena geral imposta pela Justiça.

“A maioria da população está consciente, mas infelizmente ainda temos uma parcela significativa que promove um relaxamento muito grande. Só existe a fiscalização porque muita gente não respeita. Não coloque você, sua família e a saúde pública em risco. É o apelo que sempre fazemos. Cobre do seu gestor, mas eu também vou cobrar de vocês, de cada cidadão a consciência e responsabilidade em fazer a sua parte. Só assim vamos vencer essa guerra contra a COVID-19, apesar das perdas e traumas que já tivemos”, declarou.

De acordo com dados da Secretaria de Ordem Pública, operações de prevenção a COVID-19 já resultaram em multas que ultrapassam R$ 260 mil, no período de 27 de março até o dia 9 de julho.

Desse montante, R$ 251.871,12 em multas foram aplicadas a 364 estabelecimentos que não são considerados essenciais em meio à pandemia. Dentre os que exercem atividades essenciais, as multas chegaram ao valor total de R$ 10.962,54 em 18 estabelecimentos.

Na noite de quinta-feira (23), o juiz José Leite Lindote prorrogou por mais 14 dias o decreto de quarentena geral em Cuiabá. Além disso, multou o prefeito em R$ 200 mil e o secretário de Ordem Pública em R$ 100 mil por quebrar regras da quarentena, como por exemplo promover um velório para mais de 5 mil pessoas no Cemitério Bom Jesus durante enterro do pastor Sebastião Rodrigues.

OLHARDIRETO