Conectado por
Governo de Rondônia

Acre

Detento invade frequência de rádio de agentes penitenciários e faz ameaças à polícia no Acre

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Um detento do Francisco d’Oliveira Conde (FOC) usou um rádio comunicador para invadir a rede dos agentes penitenciários e fazer ameaças a eles e policiais, exigindo o atendimento médico de um dos colegas que passava mal em uma cela do complexo prisional.

O caso foi retratado pela Rádio CBN Amazônia, e confirmado pelo Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) nesta segunda-feira, dia 12. O preso também afirmou que, caso demorasse o socorro, metralhadoras .30 seriam usadas na entrada do presídio.

Após as primeiras ameaças, PMs chegaram a responder, mas depois foram orientados a ficarem em silêncio. O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Aberson Carvalho, disse que o rádio foi confiscado no mesmo dia. O detento que fez as ameaças foi identificado e vai responder administrativamente.

“Identificamos o pavilhão, o preso e fomos no pavilhão e retiramos o rádio. O preso responde administrativamente a infrações dentro do cumprimento de sua pena e abrimos uma sindicância”, complementou. Carvalho explicou ainda que é feito a alteração da frequência diariamente nos rádios utilizados pelos agentes penitenciários e policias militares.

Existe isso nos procedimentos da unidade, tanto pela PM como Iapen. Na verdade, o rádio que estava lá deve ter caído de algum servidor e o preso acessou. Mas, é feito a rotina da troca da comunicação”, concluiu.