Conectado por

Cuiabá-MT

Cuiabá tem bares e conveniências abertas e até show de pagode no 1º dia de toque de recolher


Compartilhe:

Publicado por

em

Policiais militares e equipes da fiscalização saíram nas ruas para fiscalizar.

Cuiabá teve bares, restaurantes e conveniências abertas e até show de pagode no 1º dia de toque de recolher na noite dessa quarta-feira (3).

As medidas restritivas decretadas pelo governo do estado para conter o avanço da Covid-19 começaram a valer. Com o toque de recolher, os comércios fecham às 19h e as pessoas podem circular até as 21h em todo o estado.

Aos sábados e domingos, os comércios poderão funcionar somente até às 12h.

No entanto, nem todo o comércio cumpriu o horário de fechamento na primeira noite do toque de recolher na capital.

Na Praça Popular, cercada por bares e restaurantes, o cenário era diferente: não havia nenhum estabelecimento aberto e nem circulação de clientes.

Policiais militares e equipes da fiscalização saíram nas ruas para fiscalizar.

Na Orla do Porto, às 20h, tinha show de pagode e clientes bebendo.

Em vários pontos da cidade, bares, restaurantes, conveniências estavam abertos.

No bairro Araés, uma distribuidora de bebidas também estava aberta, com cliente bebendo no local.

Os shoppings e alguns supermercados fecharam na hora prevista.

Nessa terça-feira (2), a prefeitura de Cuiabá flexibilizou as medidas e decretou que o toque de recolher das 23h às 5h, duas horas a menos que o decretado pelo estado. No entanto, nesta quarta-feira, a Justiça determinou que o município siga as regras estabelecidas pelo estado.

Covid-19 em MT

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (03.03), 255.712 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.904 óbitos em decorrência do coronavírus.

Nas últimas 24 horas, foram notificadas 1.929 novas confirmações de casos e 40 mortes. Dos 255.712 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 9.037 estão em isolamento domiciliar e 239.338 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 417 internações em UTIs públicas e 365 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 87,42% para UTIs adulto e em 44% para enfermarias adulto.

G1