Conectado por

Economia

Confira como será o aumento do limite de cartão de crédito no INSS


Compartilhe:

Publicado por

em

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou recentemente que vai aumentar o limite do cartão de crédito dos seus segurados. Agora, o valor máximo das operações é de 1,6 do valor da renda mensal. A intenção do Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) já teve publicação no Diário Oficial da União.

Anteriormente, os aposentados e pensionistas que solicitavam o serviço de maneira consignada, ou seja, com desconto em folha, tinham um limite de 1,4 sobre o valor da renda mensal. Além desta, mudanças também foram sugeridas na modalidade de empréstimos.

Como saber o limite do cartão de crédito do INSS?

Na prática, para saber o limite do cartão sob a condição de segurado do INSS, basta o cidadão multiplicar o valor do benefício por 1,6. Esse cálculo, no entanto, é feito para saber qual o valor máximo de crédito disponível caso seja feita a adesão ao cartão de crédito nas condições de aposentado e pensionista do instituto.

Mudanças nos empréstimos

O texto publicado também traz alterações no tempo de carência para o pagamento da primeira parcela de um empréstimo sob a condição de segurado do INSS. Durante o estado de calamidade pública, decretado em razão do novo coronavírus, o instituto autoriza operações de empréstimos consignados com um prazo de carência de até 90 dias.

Contudo, vale ressaltar que esse o tempo não pode ser considerado no cálculo dos 84 meses previstos para a liquidação do contrato.

A espera para realizar transações financeiras, tendo o benefício do INSS como garantia, também sofreu mudanças. O prazo, que anteriormente era de 90 dias, será de apenas 30 dias durante o estado de calamidade pública. Quem se aposentou ou passou a receber pensão recentemente será beneficiado e poderá autorizar o desbloqueio para a realização de operações de crédito consignado mais rápido.

Atendimento INSS

Por enquanto, os beneficiários do INSS terão que solicitar os serviços de forma remota pela Central Telefônica 135, aplicativo ou pelo portal Meu INSS. Isso porque a reabertura gradual das agências físicas, que estava prevista para o dia 03 de agosto, foi adiada para o dia 24 deste mês. Vale ressaltar que o atendimento digital terá continuidade, mesmo após o retorno das atividades nas agências.

FONTE:editalconcursosbrasil.com.br