Conectado por
Governo de Rondônia

Economia

Cerca de 750 mil aves, 17 mil bovinos e 11 mil suínos deixam de ser abatidos por dia em MT durante a greve dos caminhoneiros

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Cerca 750 mil aves, 17 mil bovinos e 11,4 mil suínos estão deixando de ser abatidos por dia em Mato Grosso devido à greve dos caminhoneiros, que já dura oito dias.

As informações são do Conselho Estadual de Avicultura, do Sindicato das Indústrias Frigoríficas do Estado (Sindifrigo) e da Associação de Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat).

Os abates já foram suspensos na maioria dos frigoríficos do estado.

Em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, os frigoríficos de bovinos pararam por causa das dificuldades no escoamento da produção e as câmaras frigoríficas estão lotadas, sem capacidade para acomodar mais carnes.

Paralisação dos caminhoneiros tem reflexo na agricultura e pecuária

Paralisação dos caminhoneiros tem reflexo na agricultura e pecuária

A ração que é preparada para alimentar as aves estão acabando e os produtores rurais estão oferecendo milho moído aos animais.

Uma reunião entre o Conselho de Avicultura e os produtores rurais deve avaliar possíveis medidas para evitar o desperdício das carnes.

Segundo o Conselho, adesivos indicando o transporte de alimentos para diversos animais devem ser colocados nos caminhões para que eles possam ser liberados para passar no bloqueio dos caminhoneiros.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *