Conectado por

Saúde

Brasileiros comprovam que Covid-19 causa microtrombose em pacientes graves


Compartilhe:

Publicado por

em

Em mais uma comprovação de que o coronavírus tem ação na coagulação sanguínea, pesquisadores da USP em Ribeirão Preto conseguiram registrar, pela primeira vez, microtrombos em pacientes graves com Covid-19. Foram analisados 13 pacientes internados em quadro severo da doença — destes, 11 apresentaram os pequenos coágulos nos vasinhos localizados debaixo da língua.

A presença de trombos em pessoas com coronavírus não é novidade, porém, nesta semana, este é o segundo estudo a encontrar os coágulos também em veias menores e o primeiro a registrá-los em pacientes vivos. De acordo com a pesquisa, áreas como rins, fígado e cérebro, além de órgãos muito vascularizados, também podem ser afetados negativamente pelos trombos.

“Nossa investigação demonstrou trombos na microcirculação desde o início da hospitalização. Esse achado reforça que a trombose microvascular é uma característica da Covid-19”, escrevem os pesquisadores no estudo, que ainda não foi revisado pela comunidade científica.

METROPOLES