Conectado por

Acre

Armado com fuzil, Gladson dispara: “Lugar de bandido é na cadeia!”


Compartilhe:

Publicado por

em

Um fato inusitado rendeu aplausos nesta terça-feira, dia 26, ao governador Gladson Cameli, durante ato de governo na Cidade do Povo, uma das áreas mais perigosas da Capital acreana. Cameli segurou um dos fuzis entregues às polícias Militar e Civil.

Em meio à dificuldade de manusear o fuzil, o chefe do Palácio Rio Branco orientou os policiais dizendo: “Não fiquem no ar condicionado, não, mas fiquem do lado de fora com a arma empenhada”. E completou: “lugar de bandido é na cadeia”.

Gladson, que está há menos de 60 dias como governador, fez a declaração em um dos bairros mais temerosos da cidade. Não satisfeito, mandou que todos os policias que estavam no local entrasse nos carros que estavam sendo entregues e saíssem em carreata pelo bairro.

A postura de Cameli é para mostrar que a polícia detém o comando do espaço, e que a ordenança palaciana é para que não se admita qualquer crime dentro do governo, ou fora dele, nas ruas, becos ou comunidades, por mais distintas que elas sejam.

Aos críticos de plantão, é bom deixar claro: o fuzil manuseado por Gladson estava desmuniciado. A arma fazia parte do material de exposição dos equipamentos entregues ao Governo do Acre pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).