Conectado por

Mato Grosso

Após 13 dias, bombeiros localizam corpo de ex-morador de MT


Compartilhe:

Publicado por

em

O corpo do ex-morador de Mato Grosso, João Paulo Pizzani Mattar, de 37 anos, que estava entre os 205 desaparecidos após o rompimento da barragem Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), foi encontrado e reconhecido por familiares nesta quinta-feira (7).

A informação foi confirmada ao MidiaNews por Robson Pizzani, primo de João Paulo.

De acordo com ele, o corpo será sepultado ainda nesta quinta-feira (7), às 17h, em Brumadinho, onde ele morava com a mulher Rosilene Ozório Pizzani Mattar.

Rosilene também era funcionária da mineradora e estava trabalhando no momento do rompimento da barragem. 

O corpo de Rosilene foi encontrado e sepultado na quarta-feira (30).

João Paulo viveu em Arenápolis (a 259 km de Cuiabá) por 22 anos. Em 2005, ele passou em um processo seletivo para trabalhar na Vale, como mecânico, e se mudou para Minas Gerais. Posteriormente, passou a atuar no setor administrativo.

Na terça-feira (5), a irmã de João Paulo, a enfermeira Jannaina Pizzani – que atualmente mora em Cuiabá – falou sobre a procura pelo corpo do irmão.

De acordo com ela, João Paulo foi visto pela última vez almoçando no refeitório da mineradora.  

“No dia do rompimento da barragem, meu outro irmão e uma prima avisaram que viram ele almoçando no refeitório”, contou.

Tragédia de Brumadinho 

O rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, no início da tarde do dia 25 de janeiro, causou uma grande avalanche de rejeitos de minério de ferro.

No momento do acidente, as sirenes de alerta não foram tocadas, o que contribuiu para o grande número de mortes na tragédia, uma vez que as pessoas não foram avisadas para adotar os procedimentos de segurança. O alarme provavelmente não tocou em razão da rapidez em que tudo aconteceu.

Até o momento 150 mortes já foram confirmadas e 182 pessoas ainda estão desaparecidas, sendo que 134 corpos já foram encontrados e identificados.