Conectado por
Governo de Rondônia

Porto Velho

AMAZÔNIA + 21: Especialistas debatem papel da cultura, negócios e demandas das cidades

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O Fórum será totalmente virtual e acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de novembro deste ano

Nesta quarta-feira (14), a partir das 9h30, acontecerá o quarto e último encontro preparatório para a edição do Fórum Mundial Amazônia+21. Desta vez, os debates terão como foco a cultura e as demandas das cidades amazônicas e relatos sobre a geração e a gestão de negócios sustentáveis na região. Especialistas debatem papel da cultura, dos negócios e demandas das cidades da Amazônia. Para participar, inscreva-se aqui.

O primeiro painel começa às 9h30 e terá como tema a história e a vida na Amazônia – a diversidade dos povos e os desafios da floresta. Vão estar presentes o cacique Almir Narayamoga Suruí, referência global na defesa dos indígenas e da natureza; o escritor manauara Márcio Souza, autor de diversas obras sobre a região; e o geógrafo Gustavo Rangel, pesquisador da vida na Amazônia.

A segunda sessão iniciará às 11h e apresentará a plataforma AmazôniAtiva, desenvolvida pelo Instituto BVRio (RJ), associação sem fins lucrativos que incentiva e apoia negócios, produtos e empresas na Amazônia. Também serão apresentados três cases de cooperativas e redes que atuam na região: Rede da Floresta (RO); Amazonbai (AP); e Coopavam (MT) e o painel será moderado pelo Sebrae.

Para os organizadores do Fórum e seus convidados, a cultura é a base do desenvolvimento sustentável e a Amazônia tem características culturais únicas que precisam ser levadas em conta quando se pensa o bem-estar das pessoas e sua convivência com o bioma amazônico. Saber mais da vida na região, conhecer suas histórias e mapear realidades e possibilidades de empreendedorismo na Amazônia e a atração de parcerias e investimentos são alguns dos objetivos dos dois painéis.

O papel das cidades na promoção do desenvolvimento sustentável

À tarde, a partir das 14h, o foco da conversa será o papel das cidades na promoção do desenvolvimento sustentável da Amazônia.  O debate será realizado em dois blocos, sendo o primeiro sobre cidades e desenvolvimento sustentável e o segundo sobre compromissos para o desenvolvimento urbano sustentável.

Assim como no Brasil, cerca de 80% da população da região vive nos 775 municípios dos nove estados da Amazônia Legal – os sete estados da região Norte, mais Maranhão e Mato Grosso. Portanto, as cidades também devem ser repensadas quando se discute sobre novas formas de desenvolvimento da região.

“Boa parte dos 775 municípios que integram a Amazônia Legal enfrentam carências diversas como o acesso à água potável e encanada, saneamento básico, logística, conectividade, saúde e educação. Trata-se de uma região que foi esquecida por muito tempo e hoje convive com um baixo índice de desenvolvimento humano (IDH) e baixa renda”, explica o coordenador do Fórum, Marcelo Thomé.

Do primeiro bloco sobre cidades, que será moderado por Rodrigo Corradi, Gerente de Relações Institucionais do ICLEI América do Sul, participam o diretor regional da ONU-Habitat para América Latina e o Caribe, Elkin Velásquez; a diretora regional do programa de segurança energética e mudanças climáticas da Fundação Konrad Adenauer, Nicole Stopfer e prefeitos da região.

O segundo bloco contará com as presenças do pesquisador sênior associado da consultoria Way Carbon, Sérgio Margulis; o secretário executivo da Frente Nacional de Prefeitos, Gilberto Perré; a gerente de Mudança do Clima e Biodiversidade no ICLEI América do Sul, Sophia Picarelli; e o vice-ministro de Ordenamento Ambiental do Território, do governo colombiano, Roberto Mario Esmeral Berrio.

Veja como assistir

SERVIÇO

O que: Debate sobre o desenvolvimento sustentável da Amazônia, promovido pelo Fórum Amazônia + 21, com apoio da CNI, ao vivo

Quando: 14 de outubro, em duas sessões: às 9h30 sobre cultura, às 11h sobre negócios sustentáveis e às 14h sobre desenvolvimento urbano e cidades da Amazônia

Onde: nas redes sociais da CNI, e na plataforma amazonia21.org com acesso livre e gratuito

Sobre o Fórum

O Fórum Amazônia + 21 é uma iniciativa para mapear perspectivas e buscar soluções para temas relacionados ao desenvolvimento da região e melhoria da qualidade de vida dos mais de 20 milhões de cidadãos que vivem na Amazônia Legal. O programa é uma realização da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), Agência de Desenvolvimento de Porto Velho e Prefeitura de Porto Velho, com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Governo do Estado de Rondônia.

“Criamos um espaço de troca de ideias, de encontros dos contraditórios para buscarmos soluções juntos. Vamos sair da opinião e juntar o setor produtivo, a pesquisa e a ciência, os saberes da população amazônica para encontramos os melhores caminhos para a região e para o Brasil”, explica Thomé.

O Fórum será totalmente virtual e acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de novembro deste ano. Os debates sobre os desafios e as soluções para a Amazônia se darão a partir de quatro eixos temáticos: negócios sustentáveis, cultura, financiamento dos programas e ciência, tecnologia e inovação.

Assessoria