Conectado por

Mato Grosso

12 pessoas são presas por extração de madeira em área indígena de Mato Grosso

Publicado por

em

A Polícia Militar, com auxílio do Ibama, prendeu 12 pessoas suspeitas de extração ilegal de madeira em uma área indígena em Confresa (1.168 km de Cuiabá). Os suspeitos foram presos na tarde de sábado (4) após denúncia anônima recebida pelo órgão de fiscalização ambiental.

Continua após a publicidade

O Ibama foi informado sobre uma possível operação para extração de madeira na aldeia Urubu Branco, que também tem território nos municípios de Porto Alegre do Norte e Santa Terezinha.

A equipe da PM foi acionada e se deslocou até a área, ao lado dos agentes do órgão, e localizou dois barracos e vários suspeitos.

Ao ver a presença dos fiscais ambientais e da polícia, os suspeitos teriam tentado fugir para dentro da mata. Eles foram detidos. Foram apreendidas três espingardas de fabricação artesanal e uma espingarda calibre 32 com 18 cartuchos, sendo 15 deflagrados e três intactos.

Os 12 presos pela PM foram encaminhados e responderão pelo crime de extração ilegal de madeira e posse ilegal de arma de uso permitido.

O último levantamento do Governo Federal, de 2013, aponta que 583 índios da etnia tapirapé vivem na região. A área tem 168 mil hectares e fica na bacia do Araguaia, sendo transição entre o Cerrado e a Amazônia. (RD NEWS)