Conectado por

Religião

Visão e traslado: noticiários, Coronavírus/enem, ordem para matar pastor, peste bubônica

Publicado por

em

Na madrugada do dia 11 de fevereiro de 2020 eu fui trasladada em meu espírito e ouvir fatos e coisas que eu não conseguir entender.

Continua após a publicidade

Entre eles eu ouvir:

Maria das Graças de Oliveira Meneghel.
E acontecia algo tenso, só que eu não entendi, mas ouvia também o nome: Xuxa.

Depois eu ouvir um noticiário e entendi: …Maria do Carmo de 82 anos (acho que essa a idade)  morreu envenenada . .. (A voz que eu ouvia é de repórter que eu já o ouvir acho que no Cidade Alerta)
Parei de ouvir

Depois eu ouvir algo, assustador, parecia cobrança, prestação de contas.
E eu ouvir a voz de um homem, era uma voz sombria e fria,  a pessoa  expressava ser muito má, e disse para um outro:
“Não tem mais como comer as tuas explicações, o teu dever era matar o pastorzinho”
Minha mente voltou.

Depois eu ouvia confusão, algo tenso,  tinha uma atmosfera muito pesada, mas eu não consegui entender,  parecia que eu estava em coma.
De repente a minha mente foi voltando, então eu vi várias notas fiscais preenchidas a mão com caneta azul e estava grampeadas no meio. Um montante.
E eu vi uma mão ir suspendo a ponta de cada nota na parte onde  discrimina a compra (como um caixa) e eu fui lendo e ouvindo alguém falar:
Primeira = uma casa
Segunda = dois casos
Terceira   = Coronavírus (Aqui a letra estava bem grande)
Quarta =  prova do Enem.

Eu me asustei, parecia que congelei  por dentro com o susto.
(O que eu entendi é que houve dois casos de Coronavírus durante a prova do Enem)

Bom, eu tenho convicção do que eu vejo, e sei que quem me mostra é Deus, quem quiser acreditar, amém.

Só Deus para nos proteger, somente Ele.

No dia 10 de fevereiro,  era aproximadamente às 11:40hs, na minha mente, eu estava fazendo algumas perguntas a Deus, porque as pessoas não estava crendo nas visões, mesmo elas conhecendo,  porque as pessoas não liam as visões,  porque tanto descaso.
Eu comecei a dizer a Deus que eu estava muito triste com isto, quando séria que iriam notar.

De repente, a minha mente foi arrebatada.
E eu vi  um pé feminino e pude ver com previsão o dedão, a unha estava feita e pintada com um esmalte vermelho forte,  era um pé jovem, pele clara  e tamanho médio.
Daí começou a nascer umas bolhas próximo a unha e foi tomando todo o pé.
As bolhas enchiam-se e estouravam e ficava algo parecendo um pontinho negro onde as bolhas estouravam, e o pé ficou roído, transformado.
Eu pensei meu Deus é as pragas, a peste bubônica.
Me assustei.

Então entendi que às pragas vão começarem e as pessoas vão se dá conta.
E ai? Tantos avisos sem ninguém se importar.

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho
[email protected]