Conectado por

Mato Grosso

Vacinação em Mato Grosso atinge apenas 45% da meta


Compartilhe:

Publicado por

em

Até o momento, a campanha nacional contra a poliomielite e sarampo atingiu menos da metade do público-alvo com a vacinação de 45% das crianças de um ano a menores de cinco em Mato Grosso. No Estado, com a realização do dia “D” no último sábado, foram aplicadas 92.315 doses contra a pólio e 91.138 contra o sarampo.

Os dados foram divulgados, ontem, do Ministério da Saúde (MS), sendo que os números ainda estão sendo enviados para o órgão federal pelos estados e municípios. No Estado, a meta estadual é vacinar 202.216 meninos e meninas na faixa etária.

No país, conforme o MS, A campanha atingiu 51% das crianças na mesma faixa etária. No total, mais de 11,4 milhões de doses das vacinas contra a pólio e sarampo (cerca de 5,7 milhões de cada) foram aplicadas até esta última segunda-feira (20).

A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças independentemente da situação vacinal delas e criar uma barreira sanitária de proteção da população brasileira. Segundo o Ministério, com a mobilização de toda a população e parceiros na última semana, o país avançou significativamente para atingir o mais próximo da meta de vacinar, até 31 de agosto, quando termina a campanha.

“Esse é um movimento de todos, um trabalho de todos para proteger as nossas crianças. Pais e responsáveis devem levar as crianças que ainda não foram vacinadas, independente da situação vacinal anterior, já que neste ano a campanha é indiscriminada. O esforço do país é impedir que doenças já eliminadas não retornem o Brasil”, frisou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, por meio da assessoria de imprensa.

Entre os estados com melhor cobertura vacinal neste momento, estão Rondônia, com 85,03% para a pólio e 83,45% para o sarampo, seguido por Amapá com 76,15% pólio e 75,96% sarampo. Entre as coberturas mais baixam, destacam-se: Rio de Janeiro, com 29,49% do público-alvo vacinado para pólio e 31,33% para sarampo e Pará, que tem 33,60% pólio e 33,59% sarampo.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.

DADOS – Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (Ses/MT) existem no banco de dados dezesseis casos notificados de sarampo, sendo que desses onze já foram descartados, ou seja, não foram confirmados, e cinco casos ainda estão em investigação e que necessitam de laudo de segunda amostra para serem encerrados como sendo positivos ou negativos para sarampo.

A SES/MT alerta aos municípios para que intensifiquem ações de orientação e de mobilização da população para que compareçam às unidades de saúde para serem vacinados, principalmente, o público alvo da campanha.