Conectado por

Concursos

Top 10 concursos nacionais mais buscados


Compartilhe:

Publicado por

em

Várias seleções são abertas todos os dias em diversos órgãos por todo o país. No mundo dos concurseiros, os certames de nível nacional são mais importantes e podem até compensar mais. Levantamos dados de janeiro de 2018 a maio de 2020 para saber quais eram os concursos nacionais mais buscados no Concursos no Brasil.

Dessa forma, montamos uma lista com o nosso top 10 para você ficar sabendo quais são as seleções mais esperadas ou que estão em andamento no país nesse momento. Confira o nosso ranking:

1. IBGE

Em primeiro lugar temos o concurso IBGE! Uma grande seleção foi prevista para 2020 oferecendo mais de 2 mil vagas imediatas para os níveis fundamental e médio em dois editais diferentes. No entanto, por causa do cenário de emergência causado pela pandemia de coronavírus, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística decidiu adiar o certame para 2021. As vagas a serem disputadas são temporárias nas funções de:

  • Agente Censitário Municipal (ACM);
  • Agente Censitário Supervisor (ACS);
  • Recenseador.

Apesar de não haver previsão para um concurso IBGE para cargos efetivos, mesmo esse com contratações temporárias vale a pena de prestar. Isso porque as remunerações mensais podem variar entre R$ 3.471 e R$ 9.107 dependendo da função pleiteada. Além disso, os convocados contam com outros benefícios, como Auxílio-alimentação e Assistência à Saúde.

Anterior a esse certame, foi realizado no início de 2020 um concurso IBGE para 35 vagas para profissionais de nível médio no Rio de Janeiro. E a última seleção para efetivos foi em 2015, quando o Instituto preencher 460 vagas de Técnico, 90 de Analista e 50 de Tecnologista. O órgão é responsável por realizar censos e organizar as informações sobre a população, economia, nível de escolaridade e outros tantos dados de todos os cantos do Brasil.

2. INSS

Um dos concursos previstos mais aguardados do país! A expectativa para o concurso INSS é grande, uma vez que o órgão possui um déficit de 20 mil servidores. O instituto fez uma solicitação para 7.888 vagas efetivas para os níveis médio e superior com remunerações alcançando os R$ 12 mil. Os cargos oferecidos provavelmente serão de:

  • Técnico do Seguro Social;
  • Médico Perito;
  • Analista do Seguro Social.

Segundo informações da assessoria de imprensa da autarquia, a ideia é lançar um novo edital em 2022. Por isso, é bom começar a se preparar para o concurso INSS e estudar desde já! Baseado em editais anteriores, muito provavelmente haverá etapa única no formato de provas teóricas de caráter objetivo, contanto com questões de:

  • Língua Portuguesa;
  • Ética no Serviço Público;
  • Raciocínio Lógico;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Administração;
  • Noções de Direito;
  • Conhecimentos Específicos.

última seleção realizada aconteceu em maio de 2020 com 8.230 vagas imediatas para contratação temporária de aposentados e militares da reserva. O Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou as admissões com o objetivo de zerar as demandas enviadas à autarquia. Antes disso, houve a realização de um certame com 950 vagas em 2015. O concurso INSS foi para níveis médio e superior com remunerações que chegavam a R$ 7 mil.

3. IPHAN

O último concurso IPHAN foi em 2018 e ainda está vigente, muitos aprovados estão sendo convocados. A oferta havia sido de 411 vagas por todo o país, mas já foram chamados 523 candidatos e outros 232 estão aguardando. O prazo de validade do certame acaba em dezembro de 2020, por isso, existe uma forte esperança no lançamento de um novo edital em breve.

As remunerações oferecidas variavam entre R$ 3.419,97 e R$ 5.035,29 para cargos de nível médio e superior. Além disso, os contratados também contaram com auxílio-alimentação de R$ 480,00. Espera-se que para o próximo concurso IPHAN conte com valores semelhantes.

4. DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes faz pedidos para novos certames desde 2014. A última solicitação aconteceu em 2017 para a autorização de 367 vagas, com o objetivo de preencher os setores com maiores déficits. Mesmo que ainda não haja previsão de nova seleção, os concurseiros e o próprio DNIT aguardam ansiosos o lançamento de um novo edital para poder suprir cerca de 1.400 vagas.

De acordo com certames anteriores, aprovados no concurso DNIT podem ganhar entre R$ 4.956,57 e R$ 20.079,96, dependendo da função pretendida. Espera-se que sejam abertas oportunidades para os cargos de:

  • Técnico Administrativo;
  • Analista em Infraestrutura de Transportes;
  • Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes;
  • Analista Administrativo.

5. DEPEN

concurso DEPEN teve edital em 2020 e as inscrições se encerraram no dia 06 de junho. Ao todo foram ofertadas 309 vagas, sendo 294 para cargos de nível médio e 15 para profissionais com nível superior na área da saúde. Os vencimentos-base oferecidos foram de R$ 4.170.63 e R$ 4.361,30, somados a auxílio-alimentação e outras gratificações.

  • A seleção contará com cinco etapas de classificação:
  • Provas escritas (objetivas e discursivas);
  • Exame de Aptidão Física;
  • Avaliação de saúde;
  • Avaliação psicológica;
  • Investigação social.

As cidades brasileiras que serão contempladas com os novos servidores são:

  • Campo Grande – MS;
  • Catanduvas – PR;
  • Mossoró – RN;
  • Porto Velho – RO.

O último edital oferecia 258 vagas para os mesmos municípios mais Brasília – DF. Cerca de 52 mil pessoas se inscreveram e 480 foram consideradas aprovadas no concurso DEPEN. Parte foi convocada em 2017 e o restante em 2019.

6. EBSERH

No final de 2019 a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares lançou três editais com inscrições finalizando em fevereiro de 2020. O concurso EBSERH somava, no total, 1.660 vagas de níveis médio, técnico e superior para suprir as demandas de 36 unidades hospitalares. Os salários variavam entre R$ 2.170,22 e R$ 10.350,46 dependendo da carreira pleiteada. Segundo o edital, esse certame tem validade de dois anos.

A seleção foi realizada pelo IBFC e a classificação dos candidatos aconteceu por meio de provas objetivas e de títulos. Sabe-se que a EBSERH presta serviços Sistema Único de Saúde – SUS e tem como objetivo a dar assistência médico-hospitalar, ambulatorial e também de apoio diagnóstico e terapêutico à comunidade gratuitamente.

7. Receita Federal

Como a Receita Federal é um dos locais mais disputados no Brasil para trabalhar, portanto a seleção de novos servidores para o órgão é extremamente aguardada. Muitos concurseiros passam anos se preparando com o objetivo de serem aprovados. Existe a esperança de que o Ministério da Economia autorize 700 vagas para Auditor Fiscal e 1.453 vagas para Analista Tributário no concurso Receita Federal.

Estima-se que as remunerações desses cargos seriam de R$ 20 mil e R$ 12 mil respectivamente. Além disso, no último pedido foram solicitadas 1.161 vagas para a Secretaria da Fazenda, totalizando 3.314 oportunidades. A última seleção aconteceu em 2014, contanto com 278 vagas, então acredita-se que um novo edital pode ser lançado logo.

O concurso Receita Federal, de acordo com certames anteriores, conta com três fases:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Curso de formação.

8. Polícia Federal

Outro que é muito aguardando entre os concurseiros de plantão é o concurso Polícia Federal. A última solicitação foi feita no ano passado para 3.460 vagas imediatas. Acredita-se que alguns dos cargos a serem preenchidos seriam de nível médio e superior:

  • Agente Administrativo;
  • Agente de Polícia Federal;
  • Agente de Polícia Federal;
  • Arquivista, Administrador;
  • Assistente Social;
  • Contador;
  • Delegado de Polícia Federal;
  • Enfermeiro;
  • Escrivão;
  • Médico;
  • Papiloscopista;
  • Psicólogo.

As remunerações oferecidas, seguindo editais anteriores, podem ficar entre R$ 11.983,26 e R$ 22.672,48, dependendo do cargo. O concurso Polícia Federal pode contar com as seguintes etapas:

  • Provas escritas (objetivas e discursivas);
  • Teste de aptidão física;
  • Exame médico;
  • Avaliação psicológica;
  • Curso de formação;
  • Prova de digitação (para o cargo de Escrivão);
  • Prova oral (para o cargo de Delegado);
  • Prova de títulos.

Além das vagas solicitadas para concurso, uma Medida Provisória aprovada por deputados e senado criou 45 funções comissionadas e 471 gratificadas. Há ainda a expectativa de transformar 281 cargos do grupo-direção e assessoramento superiores (DAS) em 338 funções comissionadas e seis gratificadas do Poder Executivo.

9. Funasa

O último concurso FUNASA aconteceu em 2009, então já são quase 11 anos sem novas seleções. Apesar de todos os pedidos de autorização para novos certames terem sido negados, espera-se que sejam abertas 450 vagas. Isso porque a Fundação Nacional de Saúde está em déficit de funcionários. A seleção passada contou com 411 vagas imediatas para 35 cidades brasileiras.

Existe esperança na abertura de oportunidades para Agentes Administrativos com remuneração de R$ 3,7 mil. Há também a expectativa de cargos de nível superior que receberão em torno de R$ 5,2 mil. De acordo com editais passados, o concurso FUNASA conta com três etapas classificatórias:

  • Prova objetiva de conhecimentos gerais;
  • Prova discursiva de conhecimentos específicos;
  • Prova de títulos para nível superior.

10. Secretaria do Tesouro Nacional

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) fez um pedido para abertura de 120 vagas de nível superior no cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC) e aguarda a autorização do Ministério da Economia. Em 2019 houve uma solicitação para 60 vagas de técnicos, por isso o concurso STN é muito aguardado e expectativa para um novo edital é alta.

O déficit ultrapassa 1,5 mil servidores nas funções citadas. De acordo com editais anteriores, as remunerações podem chegar a R$ 7.309,13 e R$ 19,6 mil, respectivamente, considerando os reajustes. O último certame foi realizado em 2012 e contava com 255 vagas para o atual AFFC.

Então, concuseiro, fique ligado nas atualizações dos concursos nacionais mais esperados e continue estudando para estar sempre pronto.

FONTE:Concursos no Brasil