Conectado por

Concursos

Senar-MT e Senai-MT garantem qualificação prática de jovens para atuarem no campo


Compartilhe:

Publicado por

em

Os alunos do Programa de Aprendizagem de Nível Técnico em Automação Industrial começaram as aulas práticas e estão investindo bastante no aprendizado. A iniciativa é resultado da parceria entre os Serviços Nacionais de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Industrial (Senai-MT). Esta é a primeira turma do Campo Aprendiz e está sendo realizada no município de Rondonópolis. A expectativa é expandir cada vez mais e, já estão previstas mais cinco turmas que devem iniciar as aulas ainda este ano.

Esta qualificação tem duração de dois anos. A conclusão desta primeira turma está prevista para maio de 2023. Os conteúdos programados mesclam aulas teóricas com as práticas. Os participantes aprenderão sobre informática aplicada, diagramas hidráulicos, circuitos microcontrolados, tecnologias da informação aplicadas à Indústria 4.0 e mais de 1.200 horas de prática profissional, que somadas à teoria compõem uma carga horária superior a 3.100 horas.

O curso é o meio para atendimento à Lei da Aprendizagem (nº 10.097/2000) no âmbito rural e o Senar é a instituição responsável para possibilitar a formação teórica/prática dos estudantes. A parceria com o Senai-MT se concretizou por meio de um Termo de Cooperação Técnica entre as instituições e possibilita mais oportunidades de formação para que os jovens atuem no campo em áreas como a automação industrial.

O Programa de Aprendizagem Rural é destinado para pessoas de 18 a 24 anos que tenham concluído o ensino médio e sejam contratadas na modalidade de jovens aprendizes pelas propriedades rurais.

Dentre os alunos desta turma está Sérgio Junior, 17, que, assim como os demais, está bastante otimista. “Eu espero obter os melhores resultados possíveis para a minha vida profissional”.

Estudante de gestão em agronegócio, Bruno Aparecido, 21, pretende melhorar a carreira. “Pra mim é uma oportunidade muito grande e vai ajudar ainda mais na minha profissão”.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT