Conectado por

Municípios

Protesto de agricultores chega ao 3° dia na BR-364, no trevo de Cujubim


Compartilhe:

Publicado por

em

Agricultores voltaram a ocupar a BR-364 nesta quinta-feira (24) no trevo que dá acesso ao município de Cujubim (RO), Vale do Jamari, a cerca de 150 quilômetros de Porto Velho. Este é o terceiro dia de protesto no local.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que acompanha a manifestação, o sindicato dos produtores rurais de Cujubim está acampando no centro da rotatória da BR-364, na altura do KM 562.

Por causa do fechamento no trevo, o fluxo de trânsito foi desviado para as vias laterais. “A fluidez do trânsito – no local – permanece comprometida e, devido a isso, a PRF solicita aos usuários (que puderem), evitar a circulação neste momento”.

Nesta quinta-feira, a PRF enviou equipes de Porto Velho para o trevo da entrada de Cujubim, na tentativa.

O que os produtores pedem?

Os produtores rurais fecharam a BR-364 na terça-feira (22). O grupo questiona uma ação da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental, que prevê a retirada de famílias de agricultores de uma área de preservação ambiental.

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), informou em nota, que “está atenta à manifestação por parte de produtores rurais, no trevo da entrada do município de Cujubim”.

Segundo a pasta, a ação é organizada por ocupantes da Reserva Extrativista Rio Preto Jacundá, Unidade de Conservação de Uso Sustentável criada pelo Estado de Rondônia há mais de 25 anos.

E enfatiza que “nenhum dos referidos manifestantes possui, de fato, título de propriedade das terras que estão sendo reivindicadas. Não há também autorização do Estado de Rondônia para ocupar o local”.

G1.globo.com