Conectado por

Mato Grosso

Prefeito de Rondolândia celebra investimentos e espera atrair plantas frigoríficas após construção de asfalto novo


Compartilhe:

Publicado por

em

Localizado a 1.600 quilômetros de Cuiabá, no extremo Noroeste de Mato Grosso, a cidade de Rondolândia deu um novo passo de desenvolvimento com o lançamento da licitação para construção de 23,41 quilômetros de asfalto na MT 313/198, entre a divisa de Mato Grosso com Rondônia e entroncamento da MT-208.

Para o prefeito do município, José Guedes, o pacote de obras e ações inserido no Programa Mais MT, considerado o maior da história de Mato Grosso, irá pôr fim ao principal problema de logística enfrentado pelos pecuaristas da região.

O frigorífico de Mato Grosso mais próximo fica a 850 quilômetros de Rondolândia e, além disso, o acesso à cidade é feito por duas estradas vicinais que chegam ao Estado de Rondônia: uma por Ji-Paraná e a outra por Cacoal. Por isso, praticamente todo o rebanho de Rondolândia é abatido e industrializado em Rondônia, para que os produtores possam manter-se minimamente competitivos.

“Isso significa a presença do Governo em nosso município. Porque essa estrada tinha sido licitada há cinco anos, mas o recurso foi desviado e a estrada não saiu. Agora, através do Mauro Mendes, do Pivetta, da Assembleia do Estado, esse sonho está sendo realizado. Nós temos 141 municípios e Rondolândia é totalmente diferente, porque eu tenho que sair de Mato Grosso e ir até Rondônia para conseguir ter acesso à Cuiabá. Esses 23 quilômetros vão finalmente mudar essa realidade. E não é só o asfalto, são todos os benefícios que ele traz pra cidade”, afirmou José Guedes.

“Rondolândia hoje é um dos maiores produtores de boi do Estado, com esse asfalto vamos ter a oportunidade de atrair para a cidade plantas frigoríficas, que vão trazer emprego para a população, aumentar a arrecadação do caixa da Prefeitura… Nossos recursos que até então iam todos pra fora agora vão ficar no Estado”, completou o prefeito.

O contrato para a pavimentação da MT 313/198 havia sido firmado inicialmente em 2013, mas a obra nunca foi concluída. Além do asfalto novo, Rondolândia também irá receber uma das pontes de concreto que serão construídas sobre rios, córregos e vazantes em 19 rodovias estaduais, cuja ordem de serviço foi assinada pelo Governo de Mato Grosso.